27 de junho de 2022

Desemprego é o menor da série

O desemprego brasileiro ficou estável em agosto, mantendo-se no menor nível desde dezembro e registrando a leitura mais baixa para esse mês desde o início da série histórica, em 2002

O desemprego brasileiro ficou estável em agosto, mantendo-se no menor nível desde dezembro e registrando a leitura mais baixa para esse mês desde o início da série histórica, em 2002. A taxa nas seis regiões metropolitanas do País ficou em 6% em agosto, a mesma de julho, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira.
O desemprego vem em uma tendência de estabilidade desde o começo do ano. “O mercado de trabalho está andando a passos curtos. Não houve um estímulo para o mercado contratar mais”, disse o coordenador da pesquisa mensal de emprego, Cimar Azeredo. “O estímulo seria uma maior confiança do investidor para expandir seus negócios e abrir vagas. É preciso uma confiança maior no cenário interno e externo. A ocupação e a desocupação melhoram, mas as variações não foram significativas estatisticamente. O mercado de trabalho não variou de um mês para o outro”.
O número de trabalhadores ocupados totalizou 22,623 milhões, alta de 0,7% na comparação com julho e de 2,2% em relação a agosto de 2010. A população desocupada somou 1,440 milhão, queda mês a mês de 0,3% e recuo anual de 10%. “O mercado desse ano está estável, mas com melhoras frente a 2010”, acrescentou Azeredo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email