Desembolsos do BNDES caem 5% no acumulado até abril

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) desembolsou R$ 33,9 bilhões até abril, queda de 5% na comparação com o mesmo período de 2010. Em abril, o banco liberou R$ 9 bilhões, um recuo de 14% frente ao igual mês do ano passado.
O desempenho mais fraco em abril foi puxado pelo período de transição entre as etapas 2 e 3 do PSI (Programa de Sustentação do Investimento). Segundo o BNDES, o setor de infraestrutura respondeu por 40% do total das liberações no primeiro quadrimestre do ano; a indústria por 31%; comércio e serviços por 20%; e agropecuária por 9%.
Os dados do banco mostram que no acumulado dos últimos 12 meses até abril os desembolsos totalizaram R$ 166,7 bilhões, uma alta de 14% em relação aos 12 meses anteriores. Excluindo a operação de capitalização da Petrobras, em 2010, as liberações de financiamento no período somaram R$ 141,8 bilhões, cifra 3% inferior ao resultado de 12 meses acumulados até abril de 2010.
De acordo com o banco, a queda no ritmo dos desembolsos está em linha com as expectativas do banco, que estima, para este ano, desempenho em nível similar ao de 2010, da ordem de R$ 145 bilhões (sem considerar a operação da Petrobras, de R$ 24,7 bilhões).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email