Bolsa cai 2,6% e petróleo sobe

O dia foi de queda generalizada nas Bolsas de Valores do mundo inteiro em meio a uma possível ação militar dos Estados Unidos contra o governo da Síria, motivada por um suposto ataque com armas químicas que teria ocorrido na semana passada.
O Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa brasileira, intensificou a baixa na última hora de negócios e fechou com perda de 2,6%, a 50.091 pontos. Foi maior a queda diária do índice desde 2 de julho, quando se desvalorizou 4,24%.
O clima de cautela nos mercados aumentou depois que o secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel, disse que o país está pronto, caso o presidente Barack Obama ordene uma intervenção militar na Síria. A Síria não é o principal produtor de petróleo do mundo, mas está situado próximo ao canal de Suez, que liga Porto Said, porto egípcio no Mar Mediterrâneo, a Suez, no Mar Vermelho.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email