7 de maio de 2021

Adesão ao gás natural cresce no Amazonas

O comércio do Estado já registra, até outubro deste ano, um aumento de pelo menos 48% na adesão ao consumo de gás natural em comparação ao mesmo período do ano passado. O uso do combustível promete uma economia de 50% a empresas. E  hoje vem operando com tarifas de baixo custo no mercado, segundo a Cigás (Companhia de Gás do Amazonas).

De acordo com a operadora, a edição de julho/2022 do Boletim Mensal de Acompanhamento da Indústria de Gás Natural, do Ministério de Minas e Energia, aponta que o gás natural do segmento comercial no Amazonas detém o título de menor tarifa do Brasil.

“A companhia mantém seu ritmo de investimentos para dobrar o tamanho atual da rede nos próximos anos, e com isso ampliar o número de beneficiados pela economia desse combustível. Só em 2020, estimamos superar R$ 26 milhões em investimentos para chegar a mais regiões de Manaus e no interior do Estado”, diz o diretor técnico e comercial da Cigás, Clovis Correia Júnior.

Hoje, hotéis, restaurantes, lavanderias, academias, shoppings, entre outros estabelecimentos comerciais, passaram a optar pelo uso do gás natural. Segundo a Cigás, em outubro, mais de 140 comércios já haviam decidido pela utilização do novo combustível em suas operações.

A canalização da rede já está presente nos principais shoppings da capital – Manauara, Amazonas, Millenium e Ponta Negra. A operadora garante que o combustível proporciona aos negócios maior segurança, mais praticidade, dispensando o  reabastecimento. O fornecimento é contínuo, além de conter baixo nível de emissões poluentes quando comparado a outros combustíveis fósseis.

O risco de acidentes é ainda menor. Não há necessidade de armazenamento em tanques e, mesmo em caso de eventual vazamento, o gás se dispersa rapidamente por ser mais leve que o ar, ressalta a Cigás.

O gerente de operações da academia Amazonas Fit, Rodrigo Bentes, disse que a empresa utiliza o gás natural desde abril de 2019 para aquecimento de água nos chuveiros e vestiários.

“O serviço atende muito bem pela simplificação, utilidade, redução de custos e assistência técnica”, afirma ele. “A academia é nova e já abrimos com essa nova opção, que foi a melhor que escolhemos”, acrescenta.

Peculiaridades

No comércio, o gás pode ser utilizado em cozinhas, mas o combustível é usado também nos mais variados processos, como aquecimento de água, geração de energia e até climatização de ambientes. 

No Hotel Holiday Inn, por exemplo, o gás natural é usado na cozinha, na lavanderia, no aquecimento da água e na geração de energia para o hotel, em horário de ponta, onde a tarifa de energia é bem mais cara para o estabelecimento comercial, segundo o serviço de operações da companhia.

A Cigás diz que cada empresa tem suas peculiaridades sobre uso de combustíveis. “Avaliamos os negócios na perspectiva do cliente, checamos suas reais necessidades e, a partir daí, propomos a melhor solução, com o uso do gás natural”, salienta o diretor-presidente da concessionária, René Levy Aguiar.

Aguiar afirma que a Cigás está firmando, agora, um contrato de venda de gás para climatização de ambientes, geração de energia e cocção num novo e moderno empreendimento gastronômico da cidade, na região do Vieiralves.

A rede de distribuição da Cigás já conta com mais de 142 quilômetros de extensão e, na capital, passa por bairros como Aparecida, Flores, Vieiralves, Adrianópolis, Parque 10, Parque das Laranjeiras, Dom Pedro, dentre outros.

Em quase dez anos de operações comerciais, a Cigás aponta um investimento  de R$ 562 milhões em estrutura para fornecimento do gás natural, em valores atualizados. Até 2024, a Companhia estima investir mais R$ 165 milhões na ampliação da rede, atingindo o dobro da extensão atual. A projeção é de atendimento a mais de 15 mil novas unidades consumidoras do gás natural.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email