4 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Destaque Página inicial: Destaque - 4

Alta de 5% no Dia dos Namorados no mercado local

Marco Dassori Twitter: @marco.dassori As vendas do comércio no Dia dos Namorados superaram as expectativas e embalam o otimismo do setor para os próximos meses. A CDL-Manaus (Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus) projetava alta de 4,5%, com receita bruta de R$ 60,87 milhões. Os comerciantes, no entanto, venderam 5% a mais do que em 2021 e alcançaram receita nominal global próxima aos R$ 67 milhões. O ticket médio aguardado era de R$ 155, mas também chegou mais longe, atingindo R$ 162. Como previsto, o segmento de vestuário e os shoppings liderou as preferências do consumidor, mas restaurantes e hotéis

Água brasileira produzida com ar da Floresta Amazônica recebe prêmio na Europa

Água brasileira produzida de forma consciente a partir do ar da Floresta Amazônica, a “Ô Amazon Air Water”, comercializada desde 2019 no mercado Europeu, será premiada pela European Society for Quality Research – ESQR (Sociedad Europea para la Investigación de la Calidad), no “Quality Choice Prize 2022”, em Barcelona, Espanha. A água que ganhou o mercado de águas finas, teve reconhecida sua iniciativa que demonstra sucesso excepcional na gestão da qualidade. Única homenageada brasileira, a Ô Amazon Air Water também representa a América Latina na premiação, juntamente com o Ministério da Cultura e do Turismo da Bolívia. Ambos receberão o

cerveja

Preço da cerveja sobe, mas reajuste é menor em bares e restaurantes

A escalada inflacionária que se disseminou por produtos e serviços no Brasil nos últimos meses atingiu um item sensível na cesta de consumo: a cerveja. O país é o terceiro maior consumidor mundial do produto, depois da China e dos Estados Unidos.Segundo dados da empresa de pesquisas Nielsen, obtidos pela Folha, o preço da bebida avançou 11,1% entre junho de 2021 e maio de 2022, período em que o consumo em volume cresceu 9,5%.Na comparação com o ano anterior (junho de 2020 a maio de 2021), porém, houve alta de 11,2% no preço e queda de 8,2% no volume, o

Festa da Vitória do Boi Caprichoso será neste sábado, em Manaus

Campeão do 55º Festival Folclórico de Parintins, o Boi Caprichoso festeja com a nação azul e branca neste sábado (2) no Bar do Boi. Promovido pelo Movimento Marujada, o evento temático “Campeão da luta em poesia” será realizado no Centro de Convenções Gilberto Mestrinho – Sambódromo, a partir das 21h. O presidente do Caprichoso, Jender Lobato, vibra com a conquista do título sendo festejada na capital. “Vamos comemorar muito com a melhor galera, nesse sentimento porreta, somos os campeões do maior festival de todos os tempos”, disse. A comemoração do título do Boi Caprichoso em Manaus terá os itens oficiais

dólar

Dólar sofre alta ante o real com temor fiscal após PEC dos auxílios

O dólar abriu em forte alta contra o real nesta sexta-feira (1º), aproximando-se da marca de R$ 5,30, com investidores reagindo à aprovação pelo Senado na véspera de PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que estabelece um estado de emergência para ampliar e criar novos auxílios sociais, enquanto temores internacionais de recessão colaboravam para a busca por segurança.Às 9h06 (de Brasília), o dólar à vista avançava 1,15%, a R$ 5,2910 na venda.Na B3, às 9h06 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,70%, a R$ 5,3330.Nesta quinta-feira (30), o indicador de referência da Bolsa de Valores

Governo Federal disponibiliza R$ 340,9 bilhões para a produção agrícola 

Com foco prioritário nos pequenos e médios produtores, o Governo Federal lançou, nesta quarta-feira (29), o Plano Safra 2022/2023, com R$ 340,9 bilhões para apoiar a produção agropecuária até junho do ano que vem. O valor é 36% superior ao destinado à safra anterior. A preocupação com a preservação ambiental, com incentivo ao uso de técnicas sustentáveis de produção agropecuária, também é o foco da oferta de crédito.  O presidente da República Jair Bolsonaro destacou o aumento na produtividade agrícola do país, resultado da associação entre uso de tecnologia e criatividade do homem do campo.  “O agronegócio do Brasil é

Não é só salário: 37% da Geração Z buscam aprendizado no trabalho

Um bom salário é capaz de segurar a geração Z numa empresa? Segundo a pesquisa FEEx – FIA Employee Experience 2021 –, com a Geração Z no mercado de trabalho (17 a 22 anos), 37% dos participantes visam oportunidades de aprendizado, enquanto apenas 14% valorizam mais remuneração e benefícios. Em contrapartida, o estudo também mostra que essa geração tem a tendência de deixar as empresas atuais em busca de oportunidades melhores: 8% dos jovens entrevistados já se candidataram a uma vaga de emprego em outra empresa, sendo um índice 33% maior do que os outros grupos etários. Para nativos digitais

Sedecti e Abraciclo discutem projetos para fortalecer setor de duas rodas do PIM

Segmento de motocicletas cresceu 23% nos primeiros cinco meses do ano e a projeção é que sejam produzidas mais de 1,29 milhão de motocicletas em 2022Para a construção de um plano estratégico que irá alavancar a matriz econômica do Amazonas, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) continua discutindo e recebendo empresas de vários setores da economia. Nesta quarta-feira (29/06), o titular da pasta, Angelus Figueira, reuniu-se com representantes da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) para tratar de projetos que irão fortalecer o setor de duas rodas do

Em carta, Guimarães oficializa saída da Caixa e nega assédio a funcionárias

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, oficializou, em carta, o seu pedido de demissão do cargo no banco estatal um dia após as denúncias de assédio sexual de funcionárias contra ele serem divulgadas pela imprensa. No texto, entregue ao presidente Jair Bolsonaro (PL), ele declarou que combateu o assédio dentro do banco, negou as acusações e disse ser colocado em uma “situação cruel, injusta, desigual e que será corrigida na hora certa com a força da verdade”. Guimarães discorre no texto que sempre se “empenhou no combate a toda forma de assédio” e nega as acusações de assédio

CNH digital tem alta adesão no Amazonas

Desde a liberação em 2017, mais de 280 mil motoristas baixaram a CNH-e (CNH digital) no Amazonas, o número corresponde a mais de 44% de motoristas habilitados que aderiram à versão digital do documento, de acordo com o Detran-AM (Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas). Em todo o país, foram emitidos 27.575.416 bilhetes. Entre as 27 unidades federativas do país, São Paulo é a que mais emitiu a CNHs-e com mais de 8 milhões de unidades.  De acordo com Serpro (Serviço de Processamento de Dados), a  CNH digital foi lançada oficialmente em 2018, mas o serviço passou a ser emitido 

Terra indígena protegida

Os investimentos do governo federal em ações de fiscalização para proteção dos indígenas e do meio ambiente na Terra Indígena Vale do Javari, no Amazonas, foram ampliados  em mais de 100% desde 2019 em comparação com o período anterior (2016 a 2018). Nos últimos três anos, foram investidos pelo governo federal R$ 10 milhões no combate a extração ilegal de madeira, atividade de garimpo, e caça e pesca predatórias. De 2016 a 2018 o investimento foi de R$ 4,8 milhões. Visando reforçar o trabalho de proteção e promoção dos direitos dos indígenas no Brasil, o Governo tem buscado ampliar seu

Corte de R$ 1 bi em verbas do MEC afeta reformas de escolas e o Enem

O bloqueio de recursos do Ministério da Educação (MEC) vai impactar diretamente a infraestrutura da educação básica, de acordo com nota técnica da ONG Todos pela Educação, divulgada nessa quinta-feira (23/6). O impacto na área é de R$ 1 bilhão. O relatório também aponta uma redução no orçamento para realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022. Segundo o estudo do Todos pela Educação, do total bloqueado, 50% foi retirado do ensino superior, 28% da educação básica e, da educação profissional e da administração e encargos, reduziu-se 11% cada. No ensino básico, do R$ 1 bilhão bloqueado, 80% incide sobre