Rotas Amazônicas Integradas impulsionam o turismo regional

Compartilhe:​

A iniciativa Rotas Amazônicas Integradas (RAI), que reúne todos os estados da Região Norte, Amazonas (AM), Pará (PA), Acre (AC), Roraima (RR), Rondônia (RO), Amapá (AP) e Tocantins (TO), definiu estratégias para promover o turismo na Amazônia com estruturação da malha aérea e produção de materiais de divulgação. A reunião ocorreu durante a 11ª Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita), em Belém (PA).

Representando o Governador Wilson Lima, o presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas e coordenador da RAI, Gustavo Sampaio, destacou o trabalho em conjunto realizado pelos estados do Norte, cujo objetivo é fortalecer ainda mais o turismo na região como um todo, visando os grandes eventos dos próximos anos.

Com a realização da 30ª Conferência da Organização das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-30), em novembro de 2025, na capital paraense, o secretário adjunto de turismo do Pará, Lucas Torres, ressaltou que a principal pauta da RAI é atrair turistas para os demais estados.

A iniciativa Rotas Amazônicas Integradas instalou um estande na Feira Internacional de Turismo (FITA). O evento aconteceu no Centro de Convenções da Amazônia- Hangar recebendo no período de 15 a 18 de junho mais de 25 mil visitantes. Levando uma proposta de exploração da bioeconomia e de um turismo mais sustentável, a FITA ofereceu mais uma edição da Cozinha Show, painéis temáticos e inúmeras palestras, além dos expositores que promoveram os sete estados que compõem a Região Norte. presentes apresentando todo o turismo de sua regiões. 

Oficina de investimentos no Turismo para gestores estaduais

Com objetivos de qualificar profissionais de secretarias de turismo e órgãos de desenvolvimento dos estados, o Ministério do Turismo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) irão ofertar curso de capacitação em “Atração de Investimentos”. A qualificação contará com a participação de 3 representantes por estado (sendo 2 da secretaria de turismo e 1 do órgão de desenvolvimento) e será realizada a distância, por meio de aulas on-line.

As inscrições serão realizadas mediante manifestação dos estados a convite enviado pelo Ministério do Turismo. Ao todo, serão ofertadas cinco aulas com duração total de 16 horas de curso. Ao final da capacitação, espera-se que cada estado tenha um portfólio mínimo de projetos aptos a captação de investimentos e um plano de ação para captação de investimentos em Turismo.

Desde o início do ano, o MTur tem reforçado o incentivo a investimentos no Brasil. O Portal de Investimentos do Ministério do Turismo registra 66 oportunidades de investimentos em 19 estados e Distrito Federal e os investimentos somam R$ 27 bilhões e a perspectiva da geração de mais de 126 mil empregos. Desde janeiro de 2023, 4.491 vagas em mais de 30 cursos profissionalizantes gratuitos foram ofertados em parceria com Institutos, Universidades e Sistema S.

Na ocasião, o representante do BID, Morgan Doyle, destacou que o Banco também considera essencial o apoio à formação dos agentes públicos que atuam no turismo em âmbito subnacional e são essenciais no processo de atração de investimentos.

Temas relevantes serão abordados na capacitação, como o Panorama do Turismo que visa esclarecer quais são as oportunidades e os desafios relacionados a novos investimentos em turismo no Brasil; o Processo de Investimento irá esclarecer a metodologia no processo de decisão de investimento da iniciativa privada, até a implementação do projeto; Perfis de Investimento que identificam os tipos de investidores e os projetos almejados em turismo no Brasil; Estratégias de Investimento que abordam as possíveis estratégias de indução de investimentos privados em turismo, além do Workshop de Investimento que vai estimular UF’s a estruturarem diretrizes para os seus projetos de indução de investimentos.

Festival Folclórico de Parintins ganha Praça Gastronômica

O Festival Folclórico de Parintins 2023 contará com uma praça gastronômica. A estrutura está sendo montada ao lado da Catedral de Nossa Senhora do Carmo. A Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur)  fez o chamamento público aberto  até o dia 18 de junho. A iniciativa é a ocupação de 20 pontos para venda de alimentos e bebidas.

Com funcionamento entre os dias 27 de junho a 2 de julho, na semana do 56º Festival Folclórico de Parintins, o objetivo é promover o turismo gastronômico, uma farta lista de  opções de comidas típicas, lanches, doces, salgados e bebidas variadas alcoólicas e não alcoólicas.

A Amazonastur vai oferecer aos credenciados, barracas de nove metros quadrados, mesas, cadeiras, dentre outros itens que compõem a estrutura da praça gastronômica. O local será na mesma região do Turistódromo, espaço que abriga serviços de atendimento ao turista, com informações de roteiros, instagramáveis, distribuição de brindes, entre outras programações.

Soraya Cohen

Soraya Cohen

é editora da coluna Turiscando

Qual sua opinião? Deixe seu comentário