Pesquisar
Close this search box.

Dicas econômicas na compra de passagens aéreas

Compartilhe:​

A Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) recomenda uma série de dicas seguras para garantir passagens mais acessíveis. Das promoções de aniversários das companhias aéreas até ferramentas tecnológicas, confira as sugestões para economizar na hora de comprar uma passagem para conhecer o Amazonas.

Para assegurar a competitividade e o equilíbrio das passagens de avião, o Governo do Amazonas instituiu uma política de incentivo para as empresas aéreas com reduções que variam de 3% a 7% na alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis de aviação.

“Por determinação do governador Wilson Lima, trabalhamos constantemente para aumentar a frequência de voos para o Amazonas e possibilitar que os amazonenses possam conhecer outros destinos. A política de incentivos é mais uma medida que visa ampliar não só a malha aérea, como também possibilitar a redução do custo de viagem”, explica o presidente da Amazonastur, Ian Ribeiro.

Antecedência
Além do incentivo, o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens no Amazonas (Abav-AM), Jaime Mendonça, destaca que a antecedência é o segredo para comprar passagens acessíveis, pois as companhias aéreas realizam a manutenção de voos com 11 meses à frente.

“Manutenção de voos. O melhor tempo de antecedência para comprar é de 6 meses. Existem flashes sales, que são as promoções relâmpagos, que podem ser ótimas para comprar passagem. Porém, o certeiro é a antecipação”, destacou.

Promoções de aniversário
Segundo a Abav, outra recomendação desconhecida pela maioria dos turistas são as promoções de aniversário das companhias. As empresas aéreas costumam comemorar a data com descontos imperdíveis.

As principais companhias celebram o aniversário nas seguintes datas: Azul (04/01); Gol (15/01); Latam (30/09) e Avianca (05/12).

Ferramentas tecnológicas e milhas

Mendonça também cita a flexibilidade nas datas como uma dica importante, pois datas comemorativas, feriados e período de férias são períodos com alta demanda e os preços aumentam.

Para facilitar o acompanhamento de preços, algumas ferramentas tecnológicas, como Google Flight, podem notificar o interessado sobre as alterações de valores para as datas desejadas.

O especialista sugere que aproveitar os programas fidelidades das companhias aéreas também ajuda a economizar de uma forma segura. Segundo Mendonça, uma alternativa é utilizar o cartão de crédito em compras usuais para acumular pontos e transferir para os programas de milhas das próprias companhias.

A Gol, a Latam e a Azul oferecem programas de milhas, que possuem benefícios especiais para os cadastrados. Mega Promo Latam, Feirão da Gol e Black Friday são exemplos de datas com passagens promocionais interessantes.

Contrate um agente de viagens

O auxílio de um agente de viagem na programação da viagem, além da compra da passagem para o local de destino é muito importante para realizar uma viagem segura, tranquila e vivenciar o turismo da melhor forma, na avaliação do presidente da Abav.

Os turistas podem conferir ótimas opções de profissionais habilitados cadastrados no site https://cadastur.turismo.gov.br/ ou buscar um agente pelo WhatsApp, no chatbot Amazonas to Go, disponível 24h, todos os dias, pelo QR Code https://qrfacil.me/Qqdds6kr ou, ainda, em cartazes espalhados nos principais atrativos turísticos do Amazonas.

O Amazonas to go é uma iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Amazonastur, que auxilia o turista a conhecer os atrativos turísticos, hospedagens, telefones úteis e muito mais.

“O agente pode realizar pacotes de viagens, com hotel, quais bons passeios para realizar, para fazer. Além dos benefícios, de realizar uma viagem mais segura, vivenciar a experiência”, destacou o presidente da Abav.

A Bela Adormecida do Amazonas

A Serra de Curicuriari, ou Serra da Bela Adormecida, é um dos patrimônios da biodiversidade do Amazonas, considerados como destino turístico romântico de muitos aventureiros fica localizada em São Gabriel da Cachoeira, a 858 quilômetros de Manaus

Com montanhas, cachoeiras e praias fluviais, a originalmente batizada como Serra de Curicuriari, atrai viajantes que buscam locais parecidos com pinturas. E a Serra de Curicuriari é, certamente,  um desses locais, porque, se olhar atentamente, é possível perceber a silhueta de uma mulher deitada, o que originou seu nome popular.

É também conhecido como ‘Cabeça do Cachorro’, por causa do seu formato quando visto no mapa, na fronteira com a Colômbia e a Venezuela. Fica situado na região do Alto Rio Negro, próximo aos municípios de Santa Isabel do Rio Negro e Japurá. Entre outras belezas naturais, possui no entorno o ponto mais alto do Brasil: o Pico da Neblina.

São Gabriel da Cachoeira é a cidade mais indígena do Brasil com 23 etnias, ou seja, 90% da população é composta por indígenas e descendentes que falam três línguas consideradas oficiais além do português: tukano, nheengatu, e o baniwa.

É o destino mais procurado por viajantes que procuram aventura em deslumbrantes espaços no meio da selva amazônica e, ao mesmo tempo, relaxamento. As praias de rio, o Pico da Neblina e a Serra da Bela Adormecida são apenas algumas das atividades de São Gabriel da Cachoeira. O município do Amazonas é o mais distante da capital Manaus e reúne. Confira um guia completo desse lugar recheado de cultura e história.

Acesso – Para chegar na cidade somente por via fluvial ou aérea. A empresa Azul e Map fazem voos semanais em aeronaves de médio porte partindo de Manaus e desembarcando no aeroporto Regional

Via fluvial o mais conhecido é navio Lady Luiza estilo ferry boat que leva de 3 a 4 dias, a outra opção é a lancha expresso com percurso que dura 24 horas. Acesse: https://fbladyluiza.business.site/

Soraya Cohen

Soraya Cohen

é editora da coluna Turiscando

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar