Pesquisar
Close this search box.

Clube de assinatura de pirarucu irá expandir operação, a partir de outubro   

Compartilhe:​

Estruturados em periodicidade trimestral, mensal ou mesmo anual, conforme a escolha do cliente, os clubes de assinaturas já caíram no gosto dos brasileiros há tempos. Isso se deve, em especial, pela praticidade em adquirir itens de consumo ou colecionáveis por preços reduzidos, já que o vendedor conta com a previsibilidade da receita, e, claro, a comodidade de recebê-los no conforto de seu endereço.

É normal clube de assinatura de vinhos e livros, por exemplo, assim como de roupas, cosméticos e, até ‘impensáveis’ como lâminas de barbear e peixes. Sim, sim, eu disse peixe.

Aqui no Amazonas, o ‘Piraruclub’, lançado em 2022 e gerido pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS), comercializa combos de pescado de pirarucu aos associados – restaurantes, hotéis e empórios – em um modelo de recorrência anual. Apesar de o modelo não ser novo, a gente viu que há em outros estados brasileiros, pra nossa região faz todo sentido desenvolver esse tipo de negócio, já que somando o modelo  à alta qualidade do peixe, pode-se assim, movimentar a cadeia produtiva do pescado de modo sustentável, como pontua o gerente do Programa de Empreendedorismo e Negócios Sustentáveis da Amazônia (Pensa), Wildney Mourão.

“O clube de compras faz parte da estratégia da FAS para incentivar o manejo sustentável do pirarucu, que inclui ações como investimento na infraestrutura produtiva, gestão da produção, capacitação e gestão de negócios para os manejadores, agregação de valor no mercado e comercialização do pirarucu, além do incentivo ao empreendedorismo e inovação dos negócios comunitários”.

A iniciativa, conforme publicado no site da FAS, é uma parceria com a Associação dos Moradores e Usuários da RDS Mamirauá Antônio Martins (Amurman), e conta com o apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas (Sema), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do banco Bradesco, beneficiando mais de 200 famílias em 25 comunidades ribeirinhas do Amazonas.

Segundo o gestor, o ‘Piraruclub’ faturou R$ 97 mil no primeiro semestre de 2023, com a venda de 4,9 toneladas do pescado. Entretanto, apesar da boa performance, o projeto ainda está na fase 1.0, cuja meta é o de escalonamento no mercado local.

Após a consolidação do ‘Piraruclub’ na fase 1.0, Wildney menciona que a próxima etapa do projeto, prevista para início de outubro, buscará a expansão das ações do clube aos mercados regional e nacional. “A segunda etapa do projeto pretende expandir as ações do Piraruclub para o mercado regional e possivelmente o mercado nacional. Já para o mercado internacional, só vamos planejar quando conseguirmos consolidar os mercados internos”, adianta o gerente.

(FOTO)

O bilionário mercado dos medicamentos contra a obesidade e a disputa dos grandes laboratórios farmacêuticos

O fascínio pelo corpo magro e, por outro lado, o crescimento desenfreado da obesidade tem elevado a concorrência entre as gigantes farmacêuticas. Afinal, essa briga tem um forte motivo:  a movimentação do mercado de tratamento da obesidade que deverá bater – nada menos – do que US$ 44 bilhões até 2030, conforme a  Bloomberg Intelligence. Pra se ter ideia, o valor de Eli Lilly e da Novo Nordisk cresceu cerca de 50% em 2022, o que as coloca como a segunda e terceira companhias farmacêuticas mais valiosas do planeta!

Essa performance das empresas se deve, principalmente, aos avanços em medicamentos para dieta e obesidade. Com certeza essa tendência deve se fortalecer nos próximos anos, pois, além do avanço da obesidade nos EUA, que já é considerada a principal causa de morte no país, esse problema tem se tornado crescente em economias como a Índia e China. Além disso, a  Federação Mundial de Obesidade prevê que, até 2025, metade da população mundial estará em sobrepeso. Se isso acontecer, o custo econômico será gigantesco, podendo chegar a US$ 4 trilhões, conforme afirma a entidade.

Startup de crédito consignado inicia operação no Amazonas

Por meio de um aplicativo, a nascente Konsi iniciou o atendimento aos servidores públicos do estado do Amazonas. A empresa, que atua com crédito consignado, promete simplificar o acesso e comparação de ofertas de crédito no país e, para isso, opera com mais de 15 instituições financeiras.

A empresa foi criada na Bahia e iniciou as atividades em 2021, e já atende vinculados ao INSS e servidores públicos do Mato Grosso e São Paulo, além de os da Bahia. Por se tratar de um app, todo o processo é realizado no modo virtual e, após realizar o download, o cliente deve preencher um cadastro e pode verificar todas as possibilidades para a contratação do crédito.

Instituição de Manaus é uma das dez autorizadas pela Anatel a operar rede 5G privativa no país

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT) opera, desde dezembro de 2022, a sua rede 5G privativa, a primeira deste modelo na região Norte. Com toda a infraestrutura necessária e em pleno funcionamento na sede do instituto, a operação não depende de nenhuma operadora, o que garante um salto na velocidade e estabilidade na conexão de internet nas dependências do INDT, representando avanços na condução de testes e operacionalização dos maquinários de alta tecnologia presentes nos laboratórios do instituto. Além do INDT, outras nove empresas – a maioria, prestadoras de serviços móveis – dispõem deste modelo de rede 5G, autorizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

RÁPIDAS & BOAS

Na terça-feira (5/9), às 10h, o chef francês Erick Jacquin irá ministrar uma aula-show de gastronomia para um grupo fechado de 80 convidados, entre proprietários de restaurantes, chefs de cozinha, acadêmicos e docentes de gastronomia. O evento integra o circuito de ações previstas na programação do festival #SouManaus Passo a Paço 2023, que ocorre em Manaus desde 2015 e é realizado pela Manauscult. Pelo segundo ano consecutivo, o Senac-AM participa da ação. Neste ano, o Senac irá disponibilizar o espaço e três profissionais que atuarão diretamente com o chef.

********************************************

Estão abertas até a próxima quarta-feira (6/9) as inscrições para a seleção de 29 bolsistas que atuarão em projetos de pesquisa em diferentes áreas de atuação do Programa de Capacitação Institucional (PCI), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA/MCTI). As inscrições são feitas apenas pelo e-mail ([email protected]) e demais informações estão disponíveis pelo link (https://curtlink.com/8QnvOfc).

********************************************

Nos dias 21, 22 e 23/9, das 9h às 13h, irá ocorrer a 1º Encontro Norte da Indústria da Cerâmica. O evento é gratuito e busca aproximar líderes, empreendedores, profissionais e entusiastas da indústria cerâmica local. Para proceder a inscrição, basta acessar o link (https://curtlink.com/27ehQq2).

Cristina Monte

Cristina Monte

Cristina Monte é articulista do caderno de economia do Jornal do Commercio. Mantém artigos sobre comportamento, tecnologia, negócios.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar