Cantão, santuário do ecoturismo

Compartilhe:​

Se no período da seca, a região do Parque Estadual do Cantão e municípios circundantes encantam com praias de rio belas e preservadas, é agora, no período chuvoso que vai até maio que os visitantes podem encontrar este santuário do ecoturismo em sua forma mais vibrante.

O Cantão é uma região de transição entre os biomas Cerrado e Floresta Amazônica; os rios Araguaia, Coco e Javaés se encontram e formam um delta que transborda com o aumento do volume das águas e abrem trilhas aquáticas impressionantes.

O Parque é a atração principal do município de Pium, a 135 km de Palmas, porém seu portal de entrada mais popular fica em Caseara, distante 260 km da Capital. A partir deste município é possível fazer passeios em voadeiras (pequenos barcos a motor), acompanhados por guias turísticos que apresentam boa parte de seus 156 km de lagos navegáveis, em especial o Lago Casé. O lago foi batizado com o nome de um comerciante que se instalou na região, e que também acabou dando seu nome à cidade, uma fusão entre  Casé e Araguaia.

Quem tirar alguns dias para visitar a região poderá subir em uma voadeira – barco a motor – e se deslumbrar com a observação de várias das cerca de 500 aves comuns na região, como garças, biguatingas, biguás (mergulhões), periquitos, papagaios, tucanos, gaviões.

O Parque Estadual do Cantão possui pouco mais de 90 mil hectares e 833 lagos de várias dimensões, sendo alguns permanentes e outros presentes somente durante a seca, quando os rios chegam a baixar até sete metros. Lagos que ficam isolados durante meses tornam-se verdadeiros convites à pesca, que só é permitida em alguns pontos, na modalidade pesque e solte; são pelo menos 44 espécies catalogadas, muitas delas de grande valor comercial, como o tucunaré, o pirarucu e a pirarara.

Ao longo do passeio também é possível observar animais típicos tanto do Cerrado quanto da Amazônia, como ariranhas, jacarés e, com alguma sorte, até onças. Nas margens dos lagos e rios é possível distinguir claramente áreas intocadas das que já convivem com a presença humana, sofreram desmatamento e estão em recuperação nos últimos anos, graças ao deslocamento dos antigos moradores da região do Parque, criado em 1998.

“Caseara é uma grande referência para a região e tem fácil acesso, com estrada boa e pousadas de qualidade”, aponta o empresário Leonardo Azevedo. Sua empresa, a CCTrekking, oferece passeios de ecoturismo partindo de Palmas, a partir de uma pessoa. “Desenvolvemos esses passeios dentro do Parque do Cantão, onde só se pode entrar com autorização, com o objetivo de fazer trilhas para observar aves e fauna”, relata.

Texto: Seleucia Fontes

NOVO GESTOR

A Frt Operadora anunciou oficialmente a contratação de Raphael Chrysostomo de Carvalho como novo gestor da filial de Porto Alegre (RS). A apresentação de Raphael ocorreu, nesta segunda-feira (9), na matriz da empresa, em Foz do Iguaçu (PR). Raphael possui mais de 20 anos de experiência no turismo, com atuação em segmentos como hotelaria, companhias aéreas e operação. Nos últimos sete anos, ele fez parte da Agaxtur, onde foi gerente regional do Sul do Brasil. “Topei o desafio de assumir a base da FRT, que é uma das maiores operadoras do Brasil e tem muito a crescer”, destacou.

SATISFAÇÃO

A Prefeitura de João Pessoa deu início, nesta segunda-feira, a uma série de pesquisas de satisfação do turista que visitará a capital paraibana em 2023, que faz parte de uma ação do Radar de Inteligência da Economia do Turismo. A pesquisa está sendo feita nos pontos turísticos de maior fluxo de visitantes, inclusive no Aeroporto, e faz parte de uma ação do Radar de Inteligência da Economia do Turismo. O secretário de Turismo, Daniel Rodrigues, afirmou que o resultado da pesquisa irá pautar futuras ações e projetos no sentido de melhorar ainda mais o atendimento e os serviços prestados aos turistas.

CULTURA

A concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto em algumas cidades do Tocantins e Pará, executou diversas atividades de arte, conhecimento científico e educação ambiental, que tiveram o objetivo de fortalecer os conceitos sobre uso consciente dos recursos naturais. De acordo com a coordenadora de responsabilidade socioambiental da BRK, Geórgia Milhomem, a BRK tem construído uma relação com a população que vai além da prestação de serviço de água e esgoto. “Ao longo do ano, nossa missão foi levar conhecimento sobre saneamento de forma lúdica”, explica.

PREFERÊNCIA

Depois da Festas de Natal dos últimos anos estarem marcadas pelo coronavírus, a recuperação do turismo em Portugal, no que diz respeito ao fim do ano foi uma realidade. Foi o que o motor de busca de voos e hotéis, www.jetcost.pt pôde confirmar. A procura de voos subiu cerca de 230%, e a de hotéis 180%, no fim de ano de 2022 em comparação com o ano anterior. Além disso, os utilizadores passam 70% mais tempo a procurar soluções diferentes, orçamentos e datas alternativas.  Boa parte dos europeus que quer passar o fim de ano fora de casa pensa fazê-lo em Portugal.

PORTO DE GALINHAS

O Nordeste lidera a lista de preferência dos viajantes da Frt Operadora em 2022. Conforme dados coletados até até o fim de 2022, os cinco destinos mais comercializados durante o ano estão localizados na região. O destaque fica para Porto de Galinhas (PE), líder do ranking. Localizado no município de Ipojuca, distante 60 km de Recife, Porto de Galinhas reúne praias incríveis, piscinas naturais e muitas opções de cultura e gastronomia, com um centro comercial completo com muitas lojas, bares e restaurantes.

BELÉM NA COP-30

O Itamaraty formalizou a candidatura de Belém, capital do Pará, para sediar a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas em 2025, a COP-30. Em novembro, quando participou da COP-27, no Egito, ainda como presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva havia disse em discurso que o Brasil “está de volta ao mundo” e a Amazônia desejava ser sede da cúpula do clima. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o presidente aparece ao lado do governador do Pará, Helder Barbalho (MDB). Lula foi convidado a participar do evento no ano passado pelo governo egípcio.

Paulo Roberto Pereira

Paulo Roberto Pereira

é jornalista, presidente da Abrajet/AM (Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo)

Qual sua opinião? Deixe seu comentário