Pesquisar
Close this search box.

Foram 4 anos, 7 meses e 15 dias. Obrigado Petrucio!

Amigo Petrucio! Sabemos o dia em que assumimos a função pública, mas a data da saída sempre será uma interrogação. Semana passada, o governador Wilson Lima fez mudanças na Sepror e anunciou, publicamente, nova missão para o amazonense de Benjamim Constant, advogado e engenheiro agrônomo formado na Ufam/FCA, filho do ícone do cooperativismo no Amazonas que, certamente, lá de cima, está feliz com o novo rumo que você deu ao Agro familiar e empresarial do Amazonas. Não fiz as contas, mas acredito que seja um dos secretários do atual governo com mais tempo no cargo, sem grandes apoios políticos partidários, o que torna a permanência ainda mais complicada de ser longeva, mas foi. Contudo, sua capacidade técnica, disposição, boa equipe, apoio de entidades como OCB, Faea Unicafes e FetagriI, próximo da academia e pesquisa (Ufam e Embrapa), da ciência, dos pesquisadores, e com apoio do governador tornaram esse caminho com muito mais acertos do que possíveis equívocos. Hoje, nesta minha coluna, aproveito para registrar nas páginas centenárias do JC, o nosso Jornal do Commercio, com acervo digitalizado, as ações do secretário Petrucio no setor primário do gigante Amazonas que contaram com total apoio do governador Wilson Lima.

  • Teve o governador mais presente no interior e nos eventos agropecuários. Nunca vi um governador ir tanto na sede da Sepror;
  • Não ficou no gabinete, foi na ponta conversar com produtores, com entidades públicas e privadas e sempre ouviu a ciência, os pesquisadores;
  • Lançou os dois primeiros Planos Safras do Amazonas, seguindo corretamente o que já faz, há décadas, o governo federal;
  • Voltou a fazer as Exposições Agropecuárias, entre elas a nossa EXPOAGRO, inaceitavelmente parada há 6 anos;
  • O governador montou seu gabinete durante a EXPOAGRO 2019;
  • Já temos o local e a obra do novo Parque de Exposição já está em andamento. Lançaram pedras fundamentais no passado que não deram em nada;
  • Pagou todo o atrasado da subvenção estadual;
  • Pagou a subvenção no mesmo ano da safra;
  • Depois de 20 anos, já temos o programa federal Garantia Safra no Amazonas e alguns ribeirinhos já estão recebendo o pagamento;
  • O Amazonas já tem municípios livre de febre aftosa sem vacinação;
  • Já temos o SELO ARTE no Amazonas;
  • Já temos o SISBI-POA no Amazonas;
  • Já temos os primeiros ZARC no Amazonas;
  • A maior aproximação do governo federal teve a participação direta da Superintendência Federal de Agricultura do Amazonas – SFA/AM
  • Presença constante nas reuniões do CEDRS e CONEPA;
  • Criado o CEAPO, conselho ligado à agroecologia e produção orgânica;
  • Distribuiu semente de milho ao interior em parceria com a Conab;
  • Nasceu o inédito programa de combate ao desperdício de alimentos;
  • Tivemos a primeira EXPOAGRO totalmente digital em decorrência da pandemia;
  • O programa SOS Vicinais que recuperou trechos de estradas facilitando o escoamento;
  • Estado que mais ampliou mercado para a agricultura familiar em parceria com o governo federal. Por esse motivo está recebendo milhões do PAA para operar em 2023;
  • Criou o Peixe no Prato ligando o piscicultor ao consumidor;
  • Apoio à AFEAM nas ações ligadas aos diversos setores do AGRO, incluindo a pesca artesanal;
  • Intensificou os cursos de capacitação;
  • Definição das 21 cadeias produtivas prioritárias, incluídas no primeiro plano safra do AM;
  • Prioridade na execução de emendas parlamentares ligadas ao AGRO;
  • Entrada de novos colaboradores aprovados nos concursos do IDAM e ADAF;
  • Inclusão do pirarucu de manejo e piaçava na subvenção estadual;

Certamente tem muito mais ações, mas os meus 60 anos já interferem no “arquivo” que começa a falhar. Foi você que me telefonou convidando para entrar na equipe do então candidato Wilson Lima. Lembro quando você me perguntou sobre sua indicação para comandar o AGRO amazonense. Afirmei, na hora, que não teria nome melhor. As ações acima confirmam o que lhe disse em dezembro de 2018 para você e para o governador. Fez muito! Você e o governador, eu também, sabemos a razão de não ter feito mais, muito mais, de não ter cumprido todas as promessas da campanha, mas o saldo é altamente positivo e o próprio governador reconhece, tanto que ficou 4 anos, 7 meses e 15 dias na SEPROR. Obrigado Petrucio! Obrigado Wilson! 


Continue sua caminhada de sucesso pessoal e profissional. O AGRO hoje é outro, e vai precisar muito de sua juventude, disposição e inteligência.

21.08.2023Thomaz Antônio Perez da Silva Meirelles, servidor público federal aposentado, administrador, especialização na gestão da informação ao agronegócio. E-mail: [email protected]

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar