Pesquisar
Close this search box.

Toyota: Cidade Inteligente e Descarbonização – Parte 3

O artigo apresenta uma cidade do futuro, a Cidade Inteligente que está sendo construída pela Toyota na base do Monte Fuji.

Há quase dois anos, no dia 6 de Janeiro de 2020, durante a Consumer Technology Association (CES) 2020, um dos maiores eventos tecnológicos do planeta, em Las Vegas, o Presidente da Toyota, Sr. Akio Toyoda, anunciou <https://bit.ly/3JyKpCw> um projeto de construção de uma Cidade Inteligente, um empreendimento futurístico e ambicioso chamado Woven City. O nome “Cidade do Tecido” foi escolhido em homenagem as origens da empresa, quando o avô do apresentador, Sr. Kiichiro Toyoda, alavancou a empresa com base em uma máquina automática de tear tecidos.

Em sua palestra, o Sr. Akio iniciou abordando sobre as possibilidades dos carros do futuro e o debate interno sobre como construir soluções envolvendo Conectividade, Autonomia, Mobilidade Compartilhada e Eletrificação, em combinação com a Inteligência Artificial, Mobilidade, Robótica, Ciência dos Materiais e Energia Sustentável. Informou também que a empresa tem simulado a aplicação dessas tecnologias em vários locais do planeta, citando como exemplos o Instituto de Pesquisa da Toyota <https://www.tri.global/> com presença em Los Altos (sede), Cambridge e Ann Arbor (Sul do Michigan), bem como a Toyota Connected <https://bit.ly/32BJnVV> situada em Nagoya.

Após intensos debates, ocorreu a ideia de realizar todos esses testes em um só local, em um ambiente real de vida, em vez de apenas em ambientes com simulações espalhados pelo planeta. Esta ideia então foi amadurecida chegando ao planejamento cuidadoso da Woven City, um protótipo de construção de uma cidade inteligente, do futuro, onde os moradores possam viver, trabalhar, jogar, participar e testar com segurança todas essas tecnologias como se estivessem em um laboratório vivo.

A ideia é criar uma cidade centrada nas pessoas, com infraestrutura inteiramente conectada de forma digital e sustentável, alimentada também por células de combustível de hidrogênio da Toyota. E para elaborar o projeto arquitetônico, a empresa contratou o escritório BIG <https://big.dk/#projects>, do renomado arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels, conhecido por projetos inovadores, cujas edificações desafiam a arquitetura tradicional, com representação em forma de montanhas e até floco de neve. 

Basicamente, o projeto da Waven City tem como objetivo principal unir pessoas e comunidades para construir um futuro habilitado pela tecnologia em harmonia com a história e natureza. A cidade está sendo planejada de forma participativa e será construída na base do Monte Fuji, em Susono, localizada na província de Shizuoka, em uma área de 708.200 metros quadrados.

A cerimônia de lançamento da construção aconteceu às 11h do dia 23 de fevereiro de 2021 <https://bit.ly/3mKxW51> e contou com a presença do Presidente da Toyota, de representantes dos parceiros do empreendimento (Presidente da Woven Planet Holdings, Governador de Shizuoka e Prefeito da Cidade de Susono) e outros representantes da comunidade local <https://bit.ly/3pMA1iB>.

Neste link <https://big.dk/#projects-twc> o leitor tem acesso ao projeto conceitual da Cidade, cuja abordagem centrada nas pessoas, para promover o desenvolvimento comunitário, usará também a energia solar, energia geotérmica e tecnologia de célula de combustível de hidrogênio como parte do esforço da Toyota em construir uma sociedade descarbonizada.

Em nível do solo, a cidade terá três tipos de ruas interconectadas (blocos 3×3) como as fibras de tecidos: rua exclusivamente dedicada para direção automatizada, outra apenas para os pedestres e a terceira para pedestres com seus veículos. Além disso, haverá ruas subterrâneas para transportar mercadorias, incluindo entrega delas por baixo e chegando nas casas dos moradores.

O veículo autônomo, limpo e de múltiplo uso, o e-palette da Toyota <https://bit.ly/3mSd4ZH>, será usado para transporte compartilhado e serviço de entrega. Outros tipos de veículos que usam a abordagem de neutralização do carbono também serão testados e usados.

Os edifícios estão sendo construídos com o que há de melhor em sustentabilidade e tecnologias inteligentes (Impressão 3D, Painéis Fotovoltaicos, etc), combinando a tradição milenar japonesa de construção com tecnologias robóticas de fabricação. As residências serão inteligentes, conectadas com vários sensores, usando robôs e inteligência artificial para melhor gerenciar os serviços domésticos, tais como monitoramento da saúde dos moradores, pedido e recebimento de serviços, lavagem de roupas, disposição do lixo, etc. Tudo isso acontecendo enquanto se desfruta a vista do Monte Fuji.

Concebida para ser como um laboratório vivo, a Woven City, servirá tanto como espaço para residentes locais, como para pesquisadores, engenheiros e cientistas, a fim de que possam testar e desenvolver tecnologias e serviços em ambiente real, tais como mobilidade pessoal, mobilidade como serviço, veículos autônomos, robôs, casas inteligentes, conectividade usando Inteligência Artificial, soluções para capturar carbono, infraestrutura alimentada com hidrogênio, Impressão 3D, etc.

Além disso, parques da vizinhança e um grande parque central para recreação e reuniões sociais foram projetados para aproximar a comunidade, pois a Toyota acredita que encorajar a conexão humana será um aspecto importante dessa experiência <https://toyota.us/3mLPJIY>. 

A empresa deseja compor a população da cidade com seus empregados e familiares, aposentados, varejistas, cientistas visitantes e parceiros da indústria, com um plano de 2000 habitantes, podendo aumentar conforme o projeto avança. Finalmente, a Woven Planet Holding está recrutando e abriu dezenas de vagas de trabalho acessíveis no final desta página <https://www.woven-city.global/>. São oportunidades douradas para quem, como eu, sonha em trabalhar para a Toyota, razão pela qual até apliquei para alguns postos de trabalho, pois participar de um empreendimento desse, é motivante, faz acreditar que um outro mundo é possível. Então, será que algum dia teremos líderes estadistas para construir algo parecido em Manaus?

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar