Wurth completa 35 anos no brasil e projeta crescer 30%

A Wurth do Brasil, braço da multinacional alemã homônima, especializada em peças de fixação, ferramentas e produtos químicos, anuncia expectativa de crescer 30% em 2008 com investimentos que somam mais de R$ 200 milhões em aquisições e ampliação de infra-estrutura. Essa foi a média atingida pela companhia nos últimos cinco anos e que a colocou como a empresa que mais cresce entre as 380 unidades do grupo no mundo. O número de colaboradores também deve saltar dos atuais 2.000 para 2.500 funcionários.

As operações da Wurth no país, que completam 35 anos no próximo mês, começaram em 1972, num terreno de 200m² no bairro de Santo Amaro, em São Paulo. Hoje, a empresa ocupa uma área de 55 mil m² em Cotia-SP, além de filiais em Recife, Porto Alegre e um centro de distribuição em Brasília. Essa estrutura, que propiciou o forte crescimento apresentado nos últimos anos, gerou como resposta um aumento expressivo na demanda do mercado e, por isso, a Wurth do Brasil planeja anunciar nos próximos seis meses a compra de duas novas empresas no Brasil, que devem consumir R$ 200 milhões.

Outro importante investimento da empresa acontece em sua própria sede, com a ampliação de seu centro de treinamento, convenções e lazer. Conduzido pela Almatep, empresa de tecnologia em construção, o novo espaço contará com 12 salas de treinamento, auditório para 350 pessoas, academia de ginástica, piscina, campo de futebol, quiosques com churrasqueira, cozinha industrial com capacidade para 1.000 refeições/dia e hotel com acomodação para 105 pessoas. As obras consumiram outros R$ 12 milhões.

“Esse será um espaço dedicado à formação de pessoas. Teremos cursos e palestras técnicas e motivacionais durante todo o ano e que beneficiarão, além de nossos colaboradores, os clientes, parceiros e fornecedores da Wurth”, explica César Alberto Ferreira, presidente da Wurth do Brasil. Hoje são investidos cerca de R$ 3 milhões por ano em treinamento e esse número deve aumentar muito a partir do ano que vem.

Além dos investimentos nas novas aquisições e ampliação de estrutura, a Wurth já havia inaugurado em setembro um novo centro logístico em Brasília e adquirido, em 2006, além de uma distribuidora de peças de fixação, uma fábrica em Ponta Grossa (PR), responsável pela produção de mais de 500 diferentes produtos, como aditivos para radiador, graxa automotiva e industrial, além produtos para limpeza industrial.

“O nosso crescimento se justifica pela proximidade com o cliente. Acreditamos no contato pessoal como nosso diferencial de mercado. Não esperamos o cliente, vamos até ele. Dessa forma, conseguimos atender bem, tanto à grande empresa, que trabalha just-in-time, quanto ao pequeno empreendedor, que muitas vezes não tem tempo para controlar de perto seu estoque”, explica o executivo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email