Waldemir cobra discussão sobre tarifa

O líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na CMM (Câmara Municipal de Manaus) vereador Waldemir José, na manhã desta segunda-feira (11), cobrou do prefeito Arthur Neto (PSDB) a promessa de implantação da comissão paritária para discutir o preço justo da tarifa do transporte público da cidade.
Por meio dos jornais locais, o prefeito Arthur Neto (PSDB) anunciou, há algumas semanas, o aumento no preço da tarifa de ônibus, que será praticado a partir de um estudo que a SMTU (Superintendência Municipal de Transporte Urbano) está realizando nas planilhas de custo do sistema de transporte público.
Para o vereador Waldemir José, essa atitude do prefeito é um tanto estranha, haja vista que no início de seu mandato Arthur Neto anunciou que faria uma revisão em todos os contratos realizados pela administração anterior. “O contrato com as empresas de transporte é antigo, portanto, acredito que deveriam estar inclusos nessa revisão. Até o momento nada foi modificado. Tudo permanece como antes”, disse.
O vereador relembrou, ainda, que o atual prefeito, durante sua vinda à CMM por ocasião da abertura oficial dos trabalhos, garantiu que iria implantar a comissão paritária para tratar sobre o preço da tarifa e oficializou o convite ao líder petista para compor essa comissão. “Em janeiro deste ano sugeri ao prefeito a criação de uma comissão para discutir o valor da tarifa. Foi acatada publicamente por ele, mas pelo visto não será efetivada”, salientou.
O vereador disse, ainda, que o problema não está no estudo que o SMTU está fazendo, mas o que está em questão é a falta de transparência nos critérios que determinarão o aumento da tarifa. Por isso, defendeu a criação de uma subcomissão para participar desse estudo. “estou sugerindo que a Câmara Municipal entre nesse debate pelo preço justo da tarifa de transporte”, concluiu.

Comissão Paritária

Em janeiro deste ano o vereador Waldemir José (PT), em reunião com o Presidente do SMTU Pedro Carvalho, sugeriu à nova administração municipal, a criação de uma Comissão Paritária formada por membros do Executivo, do Legislativo, da sociedade civil organizada, Ministério Público, estudantes e empresários para analisar o valor da tarifa de ônibus praticado em Manaus.
De acordo com o vereador petista, o sistema de transporte público da cidade é precário, portanto não é justo que a população pague caro por um serviço de baixa qualidade. “Os usuários perdem um longo tempo à espera de um ônibus, os véiculos são lotados, são mal conservados. Ultimamente estamos vendo muitos ônibus quebrado no caminho”, falou.

Promessa do Prefeito

Durante a leitura da Mensagem Governamental do Executivo à CMM, o prefeito Arthur Neto falou que a acataria a sugestão de criação da Comissão Paritária para discutir o preço justo da tarifa do transporte. O prefeito disse, ainda, que essa comissão seria formada, inclusive, pelo autor da proposta vereador Waldemir José.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email