Verisign faz um total de 1 bilhão de verificações de certificados por dia

A VeriSign, fornecedora de serviços de infraestrutura de internet para o mundo conectado, anunciou que atingiu a marca de 1 bilhão de verificações diárias de OCSP (Protocolo de Status de Certificado On-line).
Essa marca significa que, a cada segundo que passa, a VeriSign e suas afiliadas habilitam mais 11,5 mil transações on-line seguras ao redor do mundo. Elo fundamental na cadeia de segurança on-line, o OCSP oferece a maneira mais rápida e eficiente para os navegadores web determinarem se um certificado SSL (Secure Sockets Layer) ainda é válido ou foi revogado.
Geralmente, quando um navegador inicia uma sessão SSL, os servidores de OCSP recebem um pedido para verificar se o certificado utilizado é válido. Os servidores de OSCP são operados por autoridades certificadoras e a VeriSign é a autoridade certificadora de SSL líder mundial.
“Mais pessoas fazem transações on-line em sites protegidos pela VeriSign do que por qualquer outra autoridade certificadora, e este anúncio enfatiza a nossa capacidade de satisfazer as exigências cada vez maiores do comércio na internet”, disse o vice-presidente de marketing de produto da VeriSign, Tim Callan.
“São necessárias as melhores práticas nos negócios e uma infraestrutura de nível mundial para sustentar esse volume, e a VeriSign investiu fortemente ao longo dos anos para acompanhar o crescimento do comércio on-line. Como espinha dorsal de segurança da internet, a VeriSign está em condições únicas para permitir um volume de transações seguras bem além do marco que atingimos”, completou.
Como a mais respeitada e confiável autoridade SSL na web, a VeriSign é a fornecedora de Certificados EV SSL escolhida por mais de 10 mil nomes de domínios da internet, representando 74% de todo o mercado de certificados EV SSL no mundo.
De fato, mais de 95% das empresas listadas na Fortune 500 e 96% dos 100 maiores bancos mundiais que utilizam o SSL protegem os seus sites com os certificados SSL vendidos pela empresa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email