Venda de notebooks cresce mais de 40% no quatro trimestre

Crescimento da preferência do consumidor em comprar laptops ao invés de ­computadores de mesa ­impulsiona resultado financeiro­ de empresas como HP e Acer.

As vendas de notebooks cresceram 41% no quarto trimestre de 2007, em comparação ao mesmo período do ano anterior. No quarto trimestre de 2007, foram vendidos 33 milhões de computadores portáteis no mundo, segundo relatório da DisplaySearch divulgado na quarta-feira passada.
A tendência de usuários comprarem mais notebooks do que desktops está ajudando empresas que têm uma forte presença no varejo, como a Hewlett-Packard e a Acer, segundo afirmaram analistas de mercado.
A HP liderou as vendas no quarto trimestre de 2007, seguida de Acer, Dell, Toshiba, Lenovo, Fujitsu-Siemens, Sony e Asus. A HP ultrapassou a Acer e a Dell em vendas de notebooks no quarto trimestre de 2007. A empresa vendeu 6,6 milhões de notebooks, o que representa um crescimento de 42% em relação ao ano anterior e participação no mercado de 20,1%.
A Acer ultrapassou a Dell e ficou em segundo lugar, com 5,25 milhões de máquinas vendidas, registrando crescimento de 32%, com participação no mercado de 15,9%. A Dell vendeu 4,64 milhões de unidades, crescendo 32% em relação ao ano anterior e abrangendo 14% do mercado.
Em quarto lugar ficou a Toshiba, seguida por Lenovo, Fujitsu-Siemens, Sony e Asus. A Apple ficou em nono lugar e vendeu 1,34 milhão de notebooks, com crescimento de 38%.

Lucro
maior

“Outros fatores que agradam os varejistas são a maior margem de lucro que esses produtos oferecem e o menor espaço que ele ocupa nas prateleiras”, disse o diretor da empresa de análise DisplaySearch, John Jacobs.
“Os preços mais baixos dos notebooks também são responsáveis por atrair mais consumidores. Uma máquina com ótima capacidade de armazenamento e performance pode ser adquirida por menos de mil dólares”, acrescentou Jacobs.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email