Varejo acena com novas contratações

A partir do próximo mês algumas lojas de Manaus iniciam a contratação de mão-de-obra temporária para atender a demanda de fim de ano. Segundo projeções da CDL-Manaus (Câmara de Dirigentes Lojistas) deve ser contratado um número de 4.000 trabalhadores temporários no varejo local entre os meses de setembro a dezembro.
Segundo o presidente da CDL-Manaus, Ezra Azury Benzion, o ritmo de vendas no comércio varejista neste ano tem superado os resultados obtidos em 2006, o que sustenta perspectivas positivas na geração de empregos. “As vendas estão satisfatórias, portanto, poderemos gerar até 5.000 empregos, mas nossa projeção inicial é de 4.000 temporários”, disse.
O aumento no prazo de parcelamento nas vendas de mercadorias a prazo tem sido o principal motivo do bom desempenho no comércio varejista, que é o segundo setor em contratação de mão-de-obra, perdendo somente para o segmento industrial.
Se a projeção da CDL-Manaus se concretizar, o varejo local irá apresentar uma redução de 11,11% em relação aos postos de trabalhos gerados no mesmo período do ano passado, um total de 4.500, para várias atividades comerciais número de cerca de 4.500.

Baixa qualificação prejudica avalia, Ralph Assayag

Segundo o presidente da FCDL-AM (Federação das Camaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas), Ralph Assayag, a falta de qualificação adequada aos profissionais do comércio ainda é um grande empecilho a ser superado pelas empresas do setor. “Em Manaus existe a oferta de 5.000 mil vagas que não são preenchidas por falta de especialização dos candidatos”, frisou.
De acordo com Assayag, a categoria está se mobilizando para promover cursos de qualificação profissional, conforme a necessidade das empresas locais. “Fizemos um levantamento sobre as áreas mais carentes de profissionais especializados e constatamos que em funções como o setor de vendas e gerência há uma grande deficiência de mão-de-obra especializada”, disse o representante do setor varejista.
Para suprir a carência de profissionais no segmento, a CDL-Manaus criou em 2005 a UTV (Unidade de Tecnologia do Varejo), que oferece um quadro diversificado de cursos direcionados à qualificação de trabalhadores nos estabelecimentos da cidade.
No objetivo de aumentar as vendas no varejo local, a CDL-Manaus irá lançar no próximo mês a campanha “Limpe o seu Nome da Praça”, que consiste numa super oferta de descontos de juros a quem estiver inadimplente. “Estamos definindo o percentual de descontos neste mês e o número de estabelecimentos participantes para lançarmos a campanha em setembro”, explicou Ezra Azury Benzion.
O “Limpe o seu Nome na Praça” objetiva aumentar o número de consumidores em potencial, a partir da regularização do débito de quem estiver inadimplente.
Para o Natal, a Câmara de Dirigentes Lojistas deverá definir uma estratégia comercial a essa data até o próximo mês. No momento, a direção da entidade informou que há uma grande possibilidade de voltar a realizar o concurso de vitrines realizados nos anos anteriores.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email