Enfermeira indígena é a primeira a receber vacina no Amazonas

Vanda Ortega, de 23 anos, enfermeira indigena da etnia Witoto, nasceu em Amaturá, no alto solimões e foi a primeira amazonense a ser vacinada na coletiva realizada pelo Governo do estado do Amazonas na noite de segunda-feira,(18), durante a apresentação do Plano de imunização estadual da COVID-19.

Atuante na luta em defesa dos povos indígenas, Vanda Ortega trabalha na rede estadual de saúde pela Fundação Alfredo da Matta. Na comunidade em que reside, no Parque das Tribos, primeiro bairro indigena de Manaus, ela organiza os atendimentos de saúde dos moradores.

No entanto, após tomar a vacina, Vanda cobrou mais apoio e atenção do governo do estado em relação aos povos indígenas,”Os nossos povos historicamente são muitos negados, negado por este sistema de poder, mas nós queremos neste momento histórico que essa vacina chegue para os nossos povos na cidade também, nosso movimento indígena precisa ser garantido que esses povos sejam contemplados com essa vacina, ela é importante para nós, cuide destas populações que está aqui na cidade, há uma precariedade junto nessa comunidade dos nossos povos, que precisa ser olhada nesse momento de pandemia, a nossa comunidade não tem água potável, é preciso olhar para estas questões dos nossos povos na capital”. Enfatizou. 

Vanda Ortega disse que os indígenas estão se unindo para criar hospitais de campanha

Segundo Vanda Ortega, existem indígenas do Parque da Tribos contaminados com a COVID-19, sendo que a comunidade tem se organizado para montar seu próprio hospital de campanha, “Eu venho do Parque das Tribos e nessa segunda onda de covid nós temos nesse momento 32 indígenas positivos para covid. Nós estamos montando hospitais de campanha por nossos próprios esforços dentro da comunidade, e quero que esse estado olhe para estas populações aqui”. Finalizou. 

Vacinação começa nesta terça-feira 

Lançamento da campanha foi na segunda à noite

A cerimônia, que teve a participação de prefeitos do interior do estado, marcou o início da campanha de vacinação no Amazonas.Na manhã de terça-feira a prefeitura de Manaus dará início a imunização dos profissionais da saúde na capital percorrendo todas as unidades de saúde da cidade.

O governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, destacou o apoio do Presidente Jair Bolsonaro, e do ministro da saúde Eduardo Pazuello, com que esteve reunido na manhã desta segunda-feira respectivamente em São Paulo e na capital federal. 

Conforme o governador, a ajuda federal do ministério da saúde irá dar mais suporte para o estado, em insumos e estrutura, “Garantiu apoio total, todos os insumos, determinou que as equipes do ministério da saúde continuem trabalhando no estado do Amazonas até que nós tenhamos uma situação de tranquilidade”. Disse. 

Ainda sobre a estrutura hospitalar, Wilson Lima destacou os hospitais de campanha que estão sendo montados no estacionamento do Hospital Delphina Aziz e Nilton Lins, e ainda uma unidade de um navio da marinha com 50 leitos que chega para ajudar a capital.

Quanto a novas doses tanto da vacina coronavac do Butantan, e da Indiana AstraZeneca, Wilson Lima requisitou ao ministro Eduardo Pazuello o fortalecimento de mais imunizantes para o Amazonas. “Voltei a fazer o apelo para que houvesse uma sensibilização de destinar a maior quantidade possível de doses para o estado do Amazonas, nós precisamos imunizar a maior quantidade possível de pessoas no estado”.

Em relação à crise do oxigênio nas unidades de saúde tanto da capital quanto no interior, o governador acredita que esta semana o estoque deve ser regularizado. “Ainda há uns municípios que precisam desta atenção urgente do estado, mas com as cargas extras que nós estamos recebendo, nós devemos ter a quantidade necessária nos próximos dias para abastecer as nossas unidades.” Finalizou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email