Uruguai quer eliminação de medidas não-tarifárias

O Uruguai insistirá no Mercosul na eliminação das medidas não-tarifárias, que, em sua opinião, perturbam o comércio regional, confirmou na sexta-feira o ministro das Relações Exteriores, Reinaldo Gargano.

O ministro tinha ratificado a posição do país na reunião de chanceleres e ministros de Economia do CMC (Conselho de Mercado Comum) do blo­co, realizada na quinta-feira passada no Uruguai, sem que se tenha obtido um acordo sobre a questão da eleiminação das medidas não-tarifárias.

O ministro da Economia, Danilo Astori, confirmou que as reivindicações do Uruguai são as mesmas dos últimos anos, nada foi modificado –especialmente em relação à questão das restrições não-tarifárias e às políticas de incentivos, que dificultam a comercialização dos produtores uruguaios.
Gargano também disse que o Uruguai busca um avanço na definição do código alfandegário e a eliminação da “dupla cobrança” da tarifa exterior.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email