Subsidiária brasileira fecha 2007 com faturamento superior a US$ 12 mi

Estimulada pelo crescimento do mercado petroquímico brasileiro e pela criação de uma área de desembaraço aduaneiro, a BDP International trabalha com metas agressivas para este ano. Segundo seu diretor geral, José Roberto Croce, a companhia pretende incrementar a receita em 100%, em função dos contratos firmados no ano passado. A subsidiária brasileira da multinacional americana faturou mais de US$ 12 milhões no ano passado e obteve um ganho de receita de 35%, muito acima do crescimento da economia do País.
Entre os fatores que contribuíram para o crescimento da empresa no Brasil, estão a estabilidade da economia e um cenário de crescimento internacional para movimentação de cargas que, segundo a empresa, não será afetada pela crise americana. Croce também destaca os investimentos realizados pelo Governo Federal e pela iniciativa privada, como a modernização dos portos e a privatização das rodovias federais. Outra aposta da BDP para o mercado brasileiro é o setor de petróleo e petroquímico, nicho que a empresa é líder global na prestação de serviços. A BDP acompanha com interesse as recentes descobertas no Campo de Tupi e os investimentos crescentes em etanol.
A partir de 2005, a atuação da BDP no Brasil teve foco no setor petroquímico. Atualmente, este segmento responde por 35% do faturamento da companhia. Roberto Croce acredita que vai chegar ao final de 2008 com este setor representando 65% do seu faturamento.
A BDP International opera nos modais marinhos, aéreo e rodoviário. A empresa não investe em ativos fixos, preferindo o modelo de parcerias e tirando proveito de contratos globais com grandes armadores. Cerca de 65% da movimentação da empresa é feita por via marítima, 30% no transporte de carga via aérea e 5% corresponde ao modal rodoviário.
A companhia passou a oferecer ao mercado um serviço completo de gestão de logística e também uma área de projetos, pensando em atender de maneira personalizada seus clientes. Segundo Croce, “para empresas transnacionais, essa divisão permite deixar a gestão dos processos alinhados com as diretrizes da matriz”. Hoje é o produto que mais cresce na BDP, com incremento de 35% em 2007.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email