Sondagem prevê boas perspectivas para 2008

As empresas industriais brasileiras prevêem alta no faturamento, investimento e geração de empregos para 2008, com um nível de otimismo não captado desde 2004, segundo estudo da FGV (Fundação Getulio Vargas).

A Sondagem da Indústria da Transformação – Quesitos Especiais, realizado há seis anos pela FGV nesta época do ano, apontou que 75% das empresas pretendem ampliar o faturamento, 53% querem investir mais e 46% prevêem contratar mais pessoas no próximo ano.

O índice é superior ao visto nas perspectivas para 2007 (71% mais faturamento, 39% mais investimentos e 40% mais contratações), e fica próximo ao observado nas perspectivas para 2005.

Dos 21 setores da indústria da transformação, em 12 possuem perspectiva de aumentar faturamento, 15 esperam mais investimentos e 15 querem ocupar mais pessoas.

Ainda segundo a sondagem, 50% das empresas consultadas informaram ter investido mais no primeiro semestre deste ano do que no segundo semestre do ano passado, e 10% disseram ter investido menos. Em julho este índice tinha sido bem pior, com 38% com investimento em alta e 21% em baixa. A pesquisa foi realizada com 659 empresas, que juntas venderam R$ 390,3 bilhões e ocuparam 860,7 mil pessoas no ano passado.

As perspectivas de fatu-ramento, investimento e contratações das empresas industriais para 2008 seguem uma tendência de alta vista nos últimos dois anos, mas já foi afetada pela crise do crédito imobiliário de alto risco (“subprime”) nos Estados Unidos.

Esta é uma das principais conclusões da FGV para Sondagem da Indústria da Transformação, apresentada na quinta-feira.

“De um mês para cá aprofundou-se a percepção de que há risco de desacelera-ção na economia”, disse Aloísio Campelo, coordenador do Núcleo de Pesquisas e Análises Econômicas do Ibre (Instituto Brasileiro de Economia) da FGV.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email