16 de abril de 2021

SMS auxilia na divulgação de empresas

Torpedos são utilizados para reduzir custos, lançar produtos e melhorar comunicação corporativa

Para reduzir custos, divulgar produtos, melhorar a comunicação e proporcionar maior qualidade nos trabalhos prestados aos clientes, funcionários e colaboradores, as empresas estão começando a utilizar os serviços de SMS (Short Message Service) Corporativo. Em Manaus, a Vemext é a única empresa atuante neste segmento que teve um investimento inicial de aproximadamente R$ 500 mil.
Com pouco menos de um ano de atuação no mercado, a Vemext trabalha com o fornecimento de soluções de comunicação de dados que integra sistemas informatizados com telefones celulares utilizando mensagens SMS, conhecidas como torpedos. A empresa possui conexão com todas as operadoras do Brasil, podendo enviar mensagens para qualquer aparelho celular em todo o território nacional.
De acordo com o diretor executivo Vander Areosa, a partir do momento em que o cliente assina um contrato de utilização do serviço, é dado uma senha e um nome de usuário para que ele possa acessar o sistema via internet e cadastrar a agenda de clientes ou, simplesmente, migrar seus contatos que estão salvos em outro banco de dados.
O diretor informou ainda que a utilização dos serviços por parte dos consumidores é infinita. “Posso utilizar em uma clínica médica que precisa avisar sobre os horários de consulta de seus clientes e o horário para o mesmo tomar algum medicamento. Ou mesmo para um salão de beleza que precisa avisar sobre hora marcada ou parabenizar alguém pela passagem de seu aniversário. E uma concessionária precisa divulgar o lançamento de um veículo para seus clientes, entre outros exemplos”, explicou.

Software educativo

A Vemext possui um produto que utiliza o SMS voltado para o setor da educação chamado CRM Scholl, que é um sistema de gestão de relacionamento cliente-fornecedor, no qual o cliente é o responsável pelo aluno e o fornecedor é a escola. “O objetivo principal deste sistema é manter o responsável sempre informado sobre o desempenho, comportamento, frequência, notas dos filhos e outras informações relacionadas ao aluno na escola. Tudo isso provido através de mensagens de texto enviadas diretamente para o celular do responsável”, esclareceu. Além da Vemext, somente empresas do Sul do país têm esse serviço. A forma de utilização é a mesma da firma manauense.

Atuação de segmento

Segundo Areosa, mesmo com pouco tempo de atuação no mercado, o ano de 2009 foi de maturação do produto e captação dos primeiros clientes para antecipar como o software iria reagir em um cenário real. A carteira de clientes da Vemext conta com empresas como o Uninorte (Centro Universitário do Norte), Unicred Manaus (Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Médicos e Demais Profissionais da Saúde de Nível Superior de Manaus), Braga Veículos, entre outros.
Para 2010, a empresa vai direcionar seu enfoque para a divulgação do serviço e consolidar o produto no mercado, pois, conforme o diretor, hoje o soft­ware já atingiu a maturidade esperada. “Apesar de trabalharmos com tecnologia de ponta, nossa maior preocupação não é vender tecnologia, mas sim obter resultados financeiros para nossos clientes”, comentou.
Vander disse acreditar que a tendência do mercado é a busca de informação rápida. “O SMS Corporativo possui vantagens competitivas para as empresas que precisam manter seus clientes sempre informados sobre novidades. O objetivo é fazer com que os nosso público possa manter esse canal de comunicação e atingir seus consumidores de forma rápida. Então nada melhor que utilizar o celular, um dos objetos mais presentes no cotidiano das pessoas”, salientou.
Na avaliação do diretor, as empresas de Manaus têm se mostrado interessadas pelo serviço de envio SMS Corporativo oferecido pela Vemext, pois já conseguem visualizar as vantagens de uma comunicação mais avançada.
Areosa disse ainda que o mercado amazonense está expandindo cada vez mais, o que acaba gerando concorrência e um leque maior de negócios, serviços e vantagens para que os consumidores possam ficar informados sobre os produtos disponíveis no Estado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email