S. Gabriel obtém recursos para fazer ligação com Cucuí

O anúncio de investimentos da ordem de R$ 20 milhões para recuperação da BR-307, que irá ligar o município de São Gabriel da Cachoeira a Cucuí e a construção de um terminal hidroviário fluvial no valor de R$ 2 milhões foram as principais obras anunciadas por representantes do governo federal durante a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a São Gabriel da Cachoeira, na última sexta-feira.
Na ocasião, o ministro dos transportes, Alfredo Nascimento, um dos participantes do evento, disse que essas medidas fazem parte da política do governo federal de valorização dos povos indígenas.
“Essas obras serão de fundamental importância para a integração dessa cidade; Lula prova cada vez mais que trata todos os grupos sociais de igual forma”, frisou.
O ministro também destacou a visita de Lula ao município como uma prova do quanto o presidente está empenhado em tratar com igualdade todas as regiões do país.
“A vinda de Lula simboliza o seu esforço em combater as desigualdades regionais, nunca um governante cuidou tão bem das regiões menos favorecidas socialmente, como o Norte e Nordeste, quanto ele”, frisou.
Em pronunciamento feito no ginásio poliesportivo da cidade, Lula disse que sua ida ao município tem como principal objetivo conhecer a necessidade da população e os problemas locais.

‘Conhecer é ouvir reivindicações

Para o presidente Lula, “a melhor forma de conhecer a necessidade das pessoas é ir até elas e ouvir suas reivindicações, por isso aconselho a todos vocês que me cobrem bastante, pois minha obrigação aqui é ouvir e fazer”, frisou, sob o aplauso do público.
Na cidade, o presidente conheceu comunidades indígenas de São Gabriel da Cachoeira e ouviu lideranças locais, como o presidente dos povos indígenas do Alto Rio Negro, Domingos Barreto.
Barreto considerou proveitoso o encontro com Lula, afirmando que ele correspondeu às expectativas da comunidade. “O presidente reafirmou, aqui na nossa terra, total compromisso em incentivar o desenvolvimento social e econômico dos povos indígenas do país e aqui da região, pois dos 150 pontos de cultura a serem criados no Brasil, mais de dez serão incentivados na região do Alto Rio Negro”, frisou.
Segundo Barreto, o presidente prometeu desenvolver políticas públicas para incentivar a região do Alto Rio Negro, onde existem 23 etnias indígenas, o que abrange 40 mil pessoas, correspondendo a cerca de 3% dos índios existentes no território nacional.
O ministro da Justiça, Tarso Genro e da saúde, José Temporão, também estiveram presentes na visita ao município.
O evento contou, ainda, com a presença do governador Eduardo Braga e das deputadas federais Rebecca Garcia e Vanessa Grazziotin.
Lula chegou ao Amazonas no último dia 20, quando assinou em Manaus a liberação de recursos financeiros para obras de investimentos em infra-estrutura no Estado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email