Rosinha Matheus aceitou favela para quitar dívida

A ex-governadora do Rio Rosinha Matheus (PMDB) aceitou -como pagamento de dívidas fiscais de R$ 48 milhões – terreno transformado em favela e que quatro anos antes foi negociado por R$ 50 mil.

Rosinha autorizou, em agosto de 2006, o recebimento pelo Estado de terreno em Jacarepaguá (zona oeste) que, embora avaliado em R$ 48.171.331,61, está há anos ocupado por favela chamada Estrada do Sertão. Corrigidos pelo INPC do IBGE, os R$ 50 mil de 2002 correspondem a R$ 66 mil hoje.

A escritura pública de entrega do terreno ao governo como pagamento das dívidas foi assinada em 7 de dezembro, a menos de um mês de Rosinha deixar o cargo. Representou o governo estadual o então procurador-geral do Estado do Rio, Francesco Conte. Também firmou o documento o escrevente do 18º Ofício de Notas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email