Região Sudeste lidera acessos a Feirão

Três Estados do Sudeste, um do Sul e um do Nordeste: levantamento da Serasa Experian na primeira semana do Feirão Limpa Nome Online revela que, dentre as unidades da federação que mais acessam o serviço, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais estão no topo, com 34,6%, 12,7% e 7,2% de participação, respectivamente. A Bahia vem em quarto lugar, com 6,8% dos usuários participantes, e em quinto o Paraná, com 5,5% de participação. Rio Grande do Sul (3,6%), Santa Catarina (3,3%), Ceará (3,1%), Distrito Federal (3,0%) e Pernambuco (2,7%) completam a lista das dez unidades da federação que mais estão acessando o serviço. O Amazonas vem logo em seguida, na 11ª colocação, com 2,18% de participação.
O montante de acessos também tem sido recorde: em apenas uma semana, o serviço já recebeu cerca de 1,5 milhão de visitantes (este número foi o total atingido na primeira edição do Feirão Limpa Nome Online, em 2013, durante 13 dias), dos quais aproximadamente 410 mil pessoas, de todo o Brasil, se cadastraram no portal para renegociarem suas dívidas.
Mais da metade dos usuários – 65% – possui entre 18 e 34 anos. O horário mais procurado para a negociação continua sendo durante a tarde, concentrando 50,9% dos acessos no período entre meio-dia e 19 horas. Mas até a madrugada tem seu público – 4,5% das visitas ao site tem sido realizadas no período entre meia-noite e 6 horas da manhã.
A busca pelo serviço –oferecido de forma pioneira pela Serasa Experian, a primeira empresa a oferecer ao consumidor a possibilidade de negociar suas dívidas sem sair de casa, desde outubro de 2012 –vem aumentando de forma crescente. Ainda não é possível mensurar a quantidade total de dívidas negociadas que resultarão na retirada do nome do banco de dados de inadimplentes, mas a experiência da Serasa Experian com o Limpa Nome Online registra que, do total de dívidas negociadas, o índice de sucesso chega a 80% em média -com dívidas pagas em até 30 dias após o contato entre cliente e empresa credora.
O Feirão continua disponível para acesso até o dia 17, 24 horas por dia (algumas empresas disponibilizam canais de atendimento com horários específicos de funcionamento). Não importa se o cidadão mora no Norte ou Sul do país: com apenas alguns cliques, é possível quitar pendências financeiras sem sair de casa. Para participar, basta entrar no site – http://www.serasaconsumidor.com.br/feirao-limpa-nome-online/ – e preencher um simples cadastro.
Após isso, o consumidor será levado a uma página onde estarão relacionadas todas as empresas do Limpa Nome Online com as quais ele possui alguma dívida pendente e que constam na base de dados da Serasa.
São cerca de 90 grandes companhias – e, dentre elas, 35 oferecem condições especiais e diferenciadas nos descontos e parcelamentos: Anhanguera Educacional, Autotrac, Banco BMG, Banco Cifra, Banco Itaucard, Banco Mercantil, Banco Pan, Banco Bradesco, Bradesco Cartões, Bradescard, Cartões American Express, Bradesco Financiamentos, Cartão Marisa, Casas Bahia, Cepisa, Cifra Crédito Financiamento, Credsystem, EDP Escelsa, Financeira Itau CBD, Hipercard, HSBC, Itaú, Itaú Unibanco Financeira, Itaucred, Losango, Luizacred, Omni Financeira, Pernambucanas, Ponto Frio, Porto Seguro Cartões, Recovery, Santander, Santander Financiamentos, Supermaia e Tim Celular.
Ao escolher e clicar no nome da empresa, surgirá uma página apresentando as dívidas que o consumidor possui em aberto e os canais de atendimento disponíveis (telefones, e-mail, chat).
A partir daí, o consumidor pode entrar em contato diretamente com as empresas para negociar possíveis descontos na dívida, com condições de pagamento diferenciadas –em alguns casos, é possível até mesmo que o boleto já esteja disponível, a partir de uma proposta feita pela própria empresa.
O consumidor também deve se preparar antes de negociar, colocando na ponta do lápis todas as despesas fixas e as dívidas já assumidas ou previstas. Assim, é possível saber quanto deve sobrar para pagar a nova dívida que será negociada com a empresa (ou mais, se for o caso), escolhendo quais as condições e formas de pagamento que melhor se encaixam no orçamento.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email