Conforme o gerente da Ciali Alimentos, o principal fator que concorreu diretamente para que a empresa não alcançasse a meta desejada foi o aumento registrado no preço do leite em Manaus, o qual sofreu reajustes de até 80% no acumulado de janeiro a junho deste ano. Os números influenciaram nos resultados da empresa, porque o mix de produtos tem foco na produção de bebidas lácteas, como leites com sabores de morango e chocolate, além de sucos e néctares de laranja, uva, goiaba, acerola e cupuaçu.
“Nunca havíamos presenciado um aumento tão substancial no preço do insumo. Toda a cadeia produtiva láctea está enfrentando problemas de oferta e demanda e isso envolve países como o Brasil, Argentina, Austrália e Nova Zelândia. Por esta razão os consumidores continuam assustados”, explicou.
Segundo Pereira, a situação do valor do leite deve ser normalizada até o fim do ano, juntamente com o término do período de entressafra nacional. “Acredito que essas questões dentro da cadeia láctea não serão responsáveis por abalar agressivamente o setor. Até dezembro estaremos mais seguros e com certeza registrando um crescimento maior”, afirmou.
A Ciali está no mercado há 12 anos e emprega cerca de 70 funcionários diretos. Dentre os itens com maior aceitação junto aos consumidores estão a bebida láctea sabor chocolate em embalagem de 200 ML e o suco de laranja de 1L.
De acordo com dados da Abia (Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação), a produção de bebidas e alimentos deve crescer mais 15% até o fim do ano em todo o Brasil, lembrando que entre os meses de janeiro e junho deste ano, o país já registrou o aumento de 6% na fabricação dos gêneros.
Com relação a exportações, o setor responde por 10% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, arrecadando no ano passado cerca de US$ 89.7 bilhões. Para este ano, a expectativa é que o setor chegue à ordem de US$ 95 bilhões com produtos exportados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email