14 de abril de 2021

Produtos com IG ganham mercado

Fabricantes de cachaça de Salinas (MG), se organizaram em busca do selo de IG (Indicação Geográfica) da produção regional, a exemplo do que já ocorre com o café do Cerrado mineiro e da cachaça de Paraty (RJ)

Fabricantes de cachaça de Salinas (MG), se organizaram em busca do selo de IG (Indicação Geográfica) da produção regional, a exemplo do que já ocorre com o café do Cerrado mineiro e da cachaça de Paraty (RJ).
A Indicação Geográfica apoia os produtores no desenvolvimento econômico e social tendo como base a valorização de aspectos tradicionais e culturais da região, explica a coordenadora de Incentivo para Indicação Geográfica de Produtos Agropecuários do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Bivanilda Tápias.
“O fato de Salinas ser uma tradicional região, conhecida pela fabricação de cachaça, garante o diferencial para a conquista do selo. Mas eles devem reforçar a busca dessa conquista se unindo em cooperativas”, advertiu.

Propriedade intelectual

A indicação geográfica é um mecanismo de propriedade intelectual reconhecido em nível internacional, assim como marca ou patente.
“A IG tem natureza declaratória. Não se cria uma IG, apenas se reconhece e o documento segue para avaliação do Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio Exterior, o reconhecimento pelo registro da IG”, informou a coordenadora.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email