19 de abril de 2021

Previdência dobrará número de agências

A Previdência Social dobrará a sua capacidade de atendimento à população amazonense com a construção de 18 novas unidades do PEX (Plano de Expansão da Rede de Atendimento)

A Previdência Social dobrará a sua capacidade de atendimento à população amazonense com a construção de 18 novas unidades do PEX (Plano de Expansão da Rede de Atendimento). A três primeiras agências, nos municípios de Autazes(distante a 118km), Presidente Figueiredo (107km) e São Gabriel da Cachoeira (858km), estão em obra com previsão de inauguração em agosto, e beneficiarão a quase 100 mil pessoas. No Amazonas, o número de unidades de atendimento saltará de 16 para 34.
Além das obras do Plano de Expansão, que totalizam investimentos de R$ 17,4 milhões, estão sendo executadas mais cinco obras de reforma e melhoria da atual rede de atendimento. No total, o estado será contemplado com recursos de R$ 21,6 milhões.
As novas agências integram a política da Previdência Social de melhorar o atendimento aos aposentados, pensionistas e demais beneficiários. Segundo o chefe do Serviço de Atendimento do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em Manaus, Bérgson Benjamin, das 18 agências programadas, além das três em fase adiantada de construção, mais uma já está com a obra iniciada e dez com licitações concluídas. Outras três estão em fase regularização dos documentos relacionados à doação dos imóveis pelas prefeituras e outra está aguardando licitação.
Completando as 18 agências previstas no PEX para o Amazonas, a unidade do município de Boca do Acre, distante 1.028 quilômetros de Manaus, está com seu contrato de construção sob a condução da Gerência do INSS em Rio Branco, no Acre, devido a sua maior proximidade da capital acreana.

Atendimento indígena

Além da população da sede do município e seu entorno, as agências de Autazes e São Gabriel da Cachoeira também atenderão às comunidades indígenas das zonas rurais desses municípios. Em São Gabriel da Cachoeira – município com a maior população indígena do Brasil – poderão ser beneficiadas 24 etnias diferentes, distribuídas nos 109 mil quilômetros quadrados da região. A estimativa é a de que o acesso aos benefícios previdenciários e assistenciais seja facilitado aos cerca de 35 mil indígenas desse município, que tem área territorial 71 vezes maior que a cidade de São Paulo.
A Previdência Social está investindo R$ 614 milhões para expandir a 720 municípios sua rede de atendimento, que, hoje, é formada por 1.127 agências, instaladas em 968 cidades brasileiras. Com isso, 1.684 municípios, em todo o país, terão unidades fixas do INSS. Cerca de 30,8 milhões de pessoas serão beneficiadas com ampliação da rede.
As agências que estão sendo construídas contam com dispositivos de segurança, acesso facilitado para portadores de deficiência e sinalização interna. São prédios climatizados, com amplos espaços, que recebem novos móveis e equipamentos de informática.
A Previdência Social também está investindo na recuperação e modernização da atual rede de atendimento. Todas as agências estão sendo reformadas, ampliadas ou, até mesmo, transferidas para prédios próprios. Para o período 2008/2011 estão previstas a executação de 531 obras de reestruturação da rede de atendimento. O total de investimentos para a expansão e recuperação da rede, durante este período, é de R$ 1,1 bilhão.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email