Localizados no Centro de Manaus, sebos são reduto para viajantes literários

O Natal já é na quinta-feira, mas ainda dá tempo de comprar presentes para os parentes e amigos, presentes bons e baratos, como livros de sebos, por exemplo.
Somente na praça Heliodoro Balbi (da Polícia) são cinco os sebos, abertos de segunda a sábado, em horário comercial. Celestino Neto é o mais experiente de todos. Proprietário da banca “O Alienista”, Celestino já trabalha há quase 20 anos vendendo livros. “Comecei vendendo cordel, em Salvador, quando morava lá. Depois trabalhei no sebo ‘Graúna’. Tinha esse nome porque o proprietário havia ganho um desenho desse personagem do próprio Henfil. Quando voltei para Manaus fui vender livros em faculdades, até começar na praça da Polícia, mais ou menos em 1998”, recordou.
Em 2009 a praça Heliodoro Balbi, após ter passado por uma restauração, foi inaugurada com as cinco bancas dos sebos, tendo como concessionários, além de Celestino, quatro outros vendedores de livros usados que haviam se instalado no local anteriormente.
“Melhoraram as nossas condições de trabalho porque agora estamos protegidos do sol e da chuva, no ar condicionado, e as vendas que haviam reduzido no começo, melhoraram. Livro tem que estar exposto para vender, por isso sempre estamos fazendo promoções e divulgando os sebos. Já estamos aqui há cinco anos e ainda vem gente aqui que não sabia de nossa existência”, contou.
Tradicionalmente sebos vendem livros e vinis, mas há algum tempo passaram a comercializar CDs e DVDs, porém, cada livreiro procura se diferenciar dos demais na busca dos clientes. No “Carioca”, outro dos sebos da praça, Einar e Wirginia fazem promoção permanente de livros a R$ 2, “e agora para o final de ano, estamos vendendo alguns títulos a R$ 1, para acabar com o estoque”, falou Wirginia. O casal mantém a fan page “Banca Sebo Carioca”, onde divulga as peças novas que chegam à banca.

Aproveitando as festas de final de ano
Além dessa banca, a “Raros & Novas”, de Jeovani Garcez; a “Casa das Palavras”, de Socorro e Marcelo; e a “Livros e Leitores”, de Herlinton Lacerda, completam o quinteto de livreiros. Em todas existem características comuns como não saber a quantidade de peças, principalmente livros, que circulam pelas estantes para venda. “Diariamente pessoas nos procuram tanto para comprar quanto para vender livros, então não dá para saber a quantidade de material que possuímos, posso dizer apenas que é muita coisa”, falou Wirginia.
Na “Raros & Novas”, Jeovani disse que o seu forte nas vendas são os livros técnicos. “É que eu tenho contatos nas universidades, então sempre consigo livros técnicos. Tanto professores quando acadêmicos, de vez em quando estão aqui garimpando esses livros”, disse.
Já Marcelo, da “Casa das Palavras” explicou que o seu forte nas vendas são os livros didáticos. “Eles vendem bem o ano inteiro, mas nessa época, quando as aulas vão retornar, as vendas aumentam muito, então procuro sempre ter esse material”. Na banca, os livros se destacam. “Tenho alguns CDs e DVDs, mas prefiro reforçar o estoque de livros”, concluiu.
Herlinton vende de tudo um pouco, mais livros, com destaque para os romances. “Romance sempre vende, em qualquer época”, explicou.
Amante da Amazônia, Celestino tem em sua banca uma estante esclusiva para a região. “O problema é que os livros vendem bem, mas aparecem poucos títulos para serem vendidos, então as pessoas procuram muito determinados títulos que, quando surgem, são vendidos rapidamente”, lamentou. Celestino também está dando vez aos cantores locais. “CDs também vendem bem. Estou abrindo uma seção só para cantores locais. Eles podem vir negociar seus CDs diretamente aqui comigo e ter a certeza que seus trabalhos irão circular”, garantiu.
De segunda-feira (22), até quarta-feira (31), todas as cinco bancas irão dar descontos em seus livros aproveitando as festas de final de ano.

Evaldo Ferreira
[email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email