15 de abril de 2021

Polícia Federal prende empresário por contrabando

https://www.jcam.com.br/juridico_cad1_1511.jpg
De acordo com agentes que realizaram a ope­ração, ele foi preso em flagrante pelos crimes de contrabando e descaminho

O empresário chinês Law Kin Chong foi detido, na quarta-feira, pela Polícia Federal em sua residência no Morumbi, na zona sul de São Paulo. De acordo com agentes que realizaram a ope­ração, ele foi preso em flagrante pelos crimes de contrabando e descaminho. A informação é do portal G1.

Na mesma quarta-feira, o novo empreendimento de Law na capital foi vistoriado por autoridades municipais e promotores do Gaeco (Gru­­­­­po de Atuação Especial de Repressão ao Crime Or­ga­nizado) com apoio de­­­ policiais militares e do GOE (Grupo de Operações Especiais). A PF foi chamada ao local após serem encontrados objetos contrabandeados.

A subprefeitura da Mo­oca, na zona leste da cida­de, já havia multado em R$ 2,4­ mi­lhões a Calinda Ad­mi­nistração e Participação, do empresário chinês, responsável pela construção do Shop­ping Pari.

Multa por falta de alvará

A multa foi aplicada por falta de alvará de funcionamento e dos autos de verificação dos bombeiros e do Contru, além da ausência de um estudo sobre o impacto do shopping no tráfego da região —documento obrigatório para centros comer­ciais desse porte. O local tem espaço para receber 1,2 mil barracas e 400 lojas em 30 mil me­tros quadrados.
Chong é acusado de ser o maior contrabandista do país.

Dono do Shopping 25 de Março, no centro de São Paulo, ele foi preso pela PF por corrupção ativa em junho de 2004. Na ocasião, o empresário controlava outros dois shoppings e várias lojas na Galeria Pagé, na região central. Ele responde a processo por lavagem de di­nheiro, contrabando, evasão de divisas e sonegação fiscal.

No dia 14 de junho deste ano, ele deixou o IPA (Instituto Penal Agrícola), na cidade de Bauru, a 343 km de São Paulo, após a Justiça autorizá-lo a cum­prir pena em regime semi-aber­to em sua casa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email