18 de abril de 2021

Petrobras descobre petróleo em Sergipe

É a quarta descoberta importante de hidrocarbonetos feita pela Petrobras este ano em águas ultraprofundas na bacia

A Petrobras informou nessa quarta-feira que descobriu acumulação de hidrocarbonetos leves em águas ultraprofundas da Bacia de Sergipe-Alagoas, na área de concessão BM-SEAL-10, localizada no bloco SEAL-M-424. Conforme o comunicado, a descoberta ocorreu durante a perfuração do poço 1-BRSA-1108-SES (1-SES-172).
O poço está localizado a 85 quilômetros do município de Aracaju, na costa do Estado de Sergipe, em profundidade d’água de 2.583 m A perfuração foi concluída a 5347 m de profundidade total.
Segundo a estatal, esta é a quarta descoberta importante de hidrocarbonetos feita pela Petrobras, este ano, em águas ultraprofundas daquela bacia. De agosto a outubro deste ano, a empresa já havia anunciado a presença de acumulações de hidrocarbonetos nos poços 1-SES-168 (Moita Bonita), 3-SES-165 (Barra) e 1-SES-167 (Farfan).
Ainda conforme a nota da Petrobras, a descoberta do poço 1-SES-172, conhecido informalmente como Muriú, ocorreu em reservatórios da formação Calumbi. A comprovação da descoberta ocorreu por meio da análise dos dados de perfis. Estudos das pressões registradas nos reservatórios e amostragem de fluidos indicaram a presença de óleo leve. O petróleo foi encontrado em reservatórios de excelente qualidade, com 67 metros de espessura A Petrobras é operadora da concessão SEAL-M-424, com 100% de participação.
“A companhia dará continuidade à operação de perfilagem (registros de características de uma formação) e coleta de dados de rocha e fluido nesse poço, com o objetivo de elaborar a estratégia de avaliação da nova descoberta, assim como caracterizar as condições dos reservatórios encontrados”, diz a estatal, no comunicado. A etapa seguinte será apresentar o Plano de Avaliação de Descoberta para a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Estoques caem

O evento acontece quando os Estados Unidos anunciam que estoques de petróleo caíram 2,357 milhões de barris na semana encerrada em 30 de novembro, para 371,766 milhões de barris, segundo o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) do governo norte-americano. Analistas consultados pela Dow Jones esperavam uma queda significativamente menor, de 300 mil barris.
Os estoques de gasolina, por outro lado, avançaram 7,86 milhões de barris, para 212,115 milhões de barris, ante estimativa de alta de 1,8 milhão de barris. Os estoques de destilados subiram 3,027 milhões de barris, para 115,069 milhões de barris, ante estimativa de acréscimo de 600 mil barris.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email