Opep vê demanda mais forte por petróleo no próximo ano

A demanda mundial pelo petróleo produzido pelos países da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) será mais forte do que o esperado no ano que vem, afirmou o grupo na terça-feira, no mais recente sinal de que um panorama econômico mais positivo vai ampliar o consumo da commodity.
A demanda por petróleo da Opep ficará em uma média de 28,39 milhões de barris por dia em 2010, disse o grupo em um relatório mensal. Isso representa uma alta de 300 mil barris por dia em relação à sua estimativa anterior.
“A economia mundial agora parece estar entrando em uma nova fase, passando de um período de contenção de crise para um de recuperação econômica”, informou a Opep no relatório.
A Opep também elevou sua estimativa para o crescimento da demanda mundial de petróleo em 2010, antevendo um aumento no uso mundial de 700 mil barris por dia, alta de 200 mil em relação à estimativa anterior.
Desde setembro do ano passado a Opep tem contido sua produção já que a recessão prejudicou a demanda.
O grupo concordou em manter cortes de oferta de 4,2 milhões de barris de petróleo por dia em uma reunião em 9 de setembro.
Na semana passada, a EIA (Administração de Informação de Energia, na sigla em inglês) elevou sua estimativa para a demanda mundial de petróleo no final de 2009 e no ano que vem, à medida que as economias da China e de outros países asiáticos começam a melhorar.

Aumento de barris

Em sua nova previsão mensal, a agência, que faz parte do Departamento de Energia dos Estados Unidos, disse que espera um aumento de 410 mil barris por dia no quarto trimestre de 2009 ante o mesmo período do ano anterior. Sua projeção anterior apontava um avanço de apenas 240 mil barris por dia para o período.
A demanda mundial de petróleo ainda deve cair em todo o ano de 2009 para 83,67 milhões de barris por dia, contra 85,46 milhões de barris em 2008.
A EIA estima que o consumo mundial de petróleo vai mostrar uma recuperação em 2010, aumentando em 1,1 milhão de barris por dia comparado com 2009. No último mês, a agência já havia projetado um crescimento de 910 mil barris por dia.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email