15 de abril de 2021

Mulheres assumem liderança no mercado

Relações amistosas e capacidade de realizar várias tarefas simultaneamente são o ponto forte delas

Pesquisas recentes do Grupo Catho apontam que, hoje em dia, uma grande parte das empresas já é liderada por mulheres. Segundo as estatísticas, mais de 20% dos profissionais que ocupam cargos de diretoria e presidência de grandes organizações são do sexo feminino. Entre os fatores que levam a isso está a capacidade que a mulher tem de conversar com os demais colegas de trabalho, ou seja, a relação amistosa que a figura feminina possui para com a equipe.
Alguns especialistas no assunto também assinalam que as mulheres não estão buscando mais oportunidades de trabalho fora de casa apenas para obter uma renda salarial, mas sim para alcançar a realização profissional e a independência financeira. Autocontrole, facilidade na comunicação, dinamismo e determinação também são características favoráveis que levam à mulher ao topo de uma empresa.
De acordo com a superintendente de apoio das lojas Bemol, Socorro Cantom, são necessários estudo e dedicação para que a mulher se torne líder de uma grande organização. Além disso, é fundamental que a profissional sempre esteja em harmonia com o trabalho. “É muito importante estar sempre buscando atualizações na sua área e gostar do que faz. Não adianta atuar com aquilo que não gosta porque sempre vai refletir em qualquer ação e acabar prejudicando todo o ambiente de trabalho”, enfatizou.
Ainda segundo Socorro, para se tornar líder em uma instituição é necessário não misturar problemas de ordem pessoal e profissional, ou seja, administrar tudo com naturalidade, seriedade e paciência. Na avaliação da superintendente, as mulheres estão cada vez mais assumindo cargos de chefia em comparação aos homens em diferentes segmentos.
“Está cada vez mais comum ver mulheres administrando as empresas, gerenciando cargos, enfim, conquistando o seu espaço no mercado de trabalho. Não é desmerecendo o trabalho masculino, mas é que existe uma diferença na essência da mulher no que diz respeito às relações interpessoais”, frisou ela.
Outro segredo para atingir mais sucesso no campo profissional é não ficar acomodada. “Eu, por exemplo, procuro não ficar parada, busco sempre ir além, mas sem perder a delicadeza e também a paciência para lidar com as diferentes situações”, ressaltou Socorro.
As áreas de atuação mais procuradas por mulheres atualmente são administração, engenharia e direito. O que prova que a classe feminina também está perdendo o medo de se aventurar por profissões que, até pouco tempo atrás, eram consideradas masculinas. “Na hora do trabalho, não existem diferenças entre homens e mulheres e as tarefas podem ser executadas da mesma maneira, sem desmerecer ninguém”, completou.
Para a diretora executiva da Catho Amazonas, Paula Pedrosa, as mulheres estão alcançando cargos cada vez mais altos porque possuem mais versatilidade e conseguem administrar melhor o tempo, executando várias funções paralelamente. “Elas conseguem conciliar atividades como cuidar da casa, da família e trabalhar sem afetar ou prejudicar esta ou aquela função, ou seja, as empresas avaliam que as mulheres conseguem fazer várias coisas de uma vez. Isso ajuda muito na hora da contratação ou promoção”, acrescentou.
De acordo com Paula, o equilíbrio e a conciliação entre uma atividade e outra faz com que a mulher também adquira mais firmeza e respeito no ambiente de trabalho e consiga atingir ainda mais rápido o sucesso profissional e a solidez na carreira.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email