Modernização da Reman estará no plano da Petrobras

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, terá em breve uma reunião com a bancada do Amazonas quando anunciará que a obra de modernização da Reman (Refinaria de Manaus Isaac Sabbá), orçada em 1,5 bilhão, constará no plano estratégico e de negócios da estatal para 2010-2014.
A informação foi repassada à deputada federal Vanessa Grazziotin (PCdoB) por Armando Tripodi, chefe de gabinete de Sérgio Gabrielli, responsável em agendar o encontro com os parlamentares amazonenses.
“É alentador receber esse tipo de informe. Foi nos comunicado que todos os dados sobre o a reforma da Reman estão sendo consolidados para serem apresentados à bancada. O mais positivo é que o presidente da estatal nos antecipou que a Reman não será prejudica após o anuncio do plano de investimentos”, disse a deputada.
Para debater o assunto, Vanessa ingressou nesta semana, na Comissão da Amazônia da Câmara, com um pedido de realização de audiência com o ministro das Minas e Energia, Márcio Zimmermann, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, e os representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP).
Segundo a parlamentar, a modernização da refinaria é essencial para economia do Amazonas e representa apenas 0,86% dos R$ 80 bilhões que a empresa possui para investimento.
Caso esse investimento não seja feito, a previsão é que a unidade deixaria de refinar petróleo para ser transformada em terminal. A conseqüência imediata seria a demissão em massa e perda de arrecadação no Estado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email