Ministério da Agricultura faz alteração em empresas sob a inspeção do SIF

OMapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), por meio da Secretaria de Defesa Agropecuária e seu Dipoa (Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal), em razão das recentes denúncias sobre a qualidade do leite UHT comercializado em Minas Gerais, resolve adotar as seguintes medidas de inspeção e controle, em cará­ter excepcional e como ações su­ple­mentares à rotina das atuais ati­vidades desempenhadas pelo SIF (Serviço de Inspeção Federal).

Entre as medidas estão: alterar as ações de inspeção nas empresas de laticínios sob controle do SIF, passando a efetuar auditorias de­ forma aleatória por equipe cons­tituída com três fiscais federais agro­pecuários (dois médicos veterinários e um agente de inspeção sanitária), que realizarão avaliação criteriosa sobre o funcionamento da empresa e seus processos produtivos, incluindo a avaliação de desempenho dos servidores responsáveis pela ins­peção do SIF junto à empresa.

Será intensificada a coleta de amostras de leite UHT (ultra alta temperatura) pri­o­ritariamente, de todas as marcas dis­poníveis, submetendo-as a análises la­bo­ratoriais para avaliação de sua conformidade com os re­gulamentos técnicos. Em caso de detecção de “não-conformidades” (por exem­plo: acidez), a empresa será submetida a um Regime Especial de Avaliação e Controle, o que implicará em re­tenção das produções elaboradas, que ficam sujeitas à prévia avaliação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email