Minerva fecha 2009 com recorde de receita e forte desalavancagem

O Minerva S.A., um dos líderes no Brasil na produção e comercialização de carne bovina, couros e exportação de boi vivo divulgou na última segunda-feira, 1º, os resultados referentes ao 4º trimestre de 2009. Como já havia acontecido no trimestre anterior (3T09), a Companhia fechou o período com recorde de Receita Líquida: R$ 689,1 milhões, 48,0% superior à Receita do 4T08. Com este desempenho, o Minerva fechou o ano com um crescimento de 22,7% com relação ao ano anterior e totalizando uma Receita Líquida recorde de R$ 2,6 bilhões.

No trimestre, um dos principais destaques foi o crescimento dos volumes exportados de carne in natura: 80,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulativo do ano, a exportação de carne in natura cresceu em volume 20,8%. Com esta evolução, a Companhia atingiu 20,2% de market share nas exportações de carne bovina in natura em 2009. Uma participação 6,7% maior do que em 2008. Com relação a utilização da capacidade instalada, o Minerva continua como referência no setor. No 4T09 o índice chegou a 82,9% e a média do ano foi de 77,5%.

Outro grande destaque do período foi a forte desalavancagem financeira da Companhia. O múltiplo Dívida Líquida/Ebitda ficou em 4,38x, o menor nível dos últimos anos. Já a disponibilidade de caixa no fechamento do trimestre foi de R$ 424 milhões, valor 46% maior aos vencimentos de curto prazo. O Ebtida de R$ 53 milhões registrado no 4T09 foi 80% superior ao 4T08. Na comparação anual, o Ebitda de R$ 181,9 milhões foi 18,6% superior em relação a 2008.

Tal desempenho é fruto da forte geração de caixa aliada a uma sólida política financeira, eficiência na administração do capital de giro, excelência na gestão de risco e continuidade na maturação dos investimentos em Green Field. “Entendemos que o desempenho apresentado pela empresa no resultado consolidado de 2009 foi consequência do preparo de ‘maratonista’ que a companhia optou em desenvolver nos anos anteriores. Os números apresentados demonstram que nossa estratégia já começou a surtir os efeitos esperados e que gradualmente os investimentos atingirão sua plena maturidade”, explicou o diretor presidente do Minerva, Fernando Galletti de Queiroz.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email