Merril Lynch eleva recomendação para títulos da dívida brasileiros

O banco de investimentos Merrill Lynch ajustou sua carteira de títulos de dívida externa de países emergentes, elevando os títulos da dívida brasileira e da Rússia da média de mercado para acima da média. Ao mesmo tempo, o Merrill Lynch rebaixou a dívida da Turquia, da Colômbia e da África do Sul abaixo da média. O banco considera que o Brasil está bem posicionado para enfrentar o atual ambiente de aversão ao risco, o qual considera está se acirrando e é preocupante.
“Nossa visão cautelosa (relativa ao mercado da dívida emergente) está se tornando mais negativa, na esteira da maior deterioração do sistema financeiro global”, disse o Merrill Lynch. “A aversão ao risco está atingindo novos patamares e o Federal Reserve (Fed, banco central americano) entrou em modo de prevenção total da crise”, acrescentou o banco.
“Estamos preocupados com a possibilidade de ser difícil conter a crise de confiança, com os investidores demorando para separar o crédito bom do ruim”, disse o Merrill Lynch.
Os títulos da dívida brasileira têm registrado desempenho inferior à média desde o começo do ano, disse o banco. “Ainda acreditamos que o Brasil está bem posicionado para enfrentar o atual aumento na aversão ao risco, sendo uma das histórias de maior solidez entre os países emergentes”, acrescentou o Merrill Lynch.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email