Marcelo Ramos quer CPI para investigar dez anos da Semef

O vereador Marcelo Ramos (PCdoB) reafirmou que pretende instalar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar toda a arrecadação de crédito tributário do município nos últimos dez anos. A decisão de investigar as ações da Secretaria Municipal de Finanças foi anunciada pelo vereador na última sexta-feira em coletiva à imprensa. Ramos pediu o apoio de todos os vereadores, inclusive da base do prefeito, afirmando que a CPI investigará não só a atual administração, mas sim os últimos dez anos de arrecadação municipal.
A declaração dada pela titular da Semef, Maria Helena Alves, à Rádio CBN no dia 18 de maio, de que basta apertar um botão para que um crédito tributário em favor do município seja apagado, coloca em suspeição todos os funcionários da Secretaria.
Para Ramos, Maria Helena quebrou a relação de confiança entre o cidadão contribuinte e o município arrecadador.
Ramos pediu aos vereadores que assinem o pedido de instalação da CPI para que se possa apurar os fatos. “Se existem créditos anulados sem processo administrativo ou judicial temos que apurar e por isso, estou propondo uma investigação que atinja não só os quatro meses dessa administração, mas sim as administrações anteriores”, afirmou.
O vereador concluiu seu discurso dizendo que não será intimidado com recadinhos ou ameaças. “Não adianta fazer ameaças que não vou me acovardar e deixar de exercer na plenitude meu mandato”.
A resposta veio do líder do prefeito na CMM, vereador Isaac Tayah (PTB), que disse que a CMM já fez inúmeras CPIs desgastantes. “Se tivermos que fazer CPI vamos fazer da Educação, da IMTU, das secretarias anteriores, pois tudo que temos é conseqüência do passado”, rebateu. Tayah falou que aconteceram rombos estrondosos nas secretarias anteriores e não fizeram CPI. “Só pelo fato de chegar uma nova secretária e querer ordenar as coisas, querem fazer uma CPI para ridicularizá-la, não vou permitir”, afirmou. Tayah disse que se “tem podre vamos tirar debaixo do tapete, tenho documentos e se for para mostrar vamos comparar com o que foi feito pela administração anterior”, declarou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email