Lojistas estão menos confiantes na economia

Em junho, os comerciantes de São Paulo ficaram menos otimistas em relação à situação econômica do país. Foi o que apontou o Índice de Confiança do Empresário do Comércio, da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo).
Em comparação a maio, o índice caiu 3,5%, atingindo 123,3 pontos em uma escala que varia de 0 a 200 pontos. Acima de 100 pontos (marca de neutralidade), o índice aponta confiança dos entrevistados. Os três sub-índices que compõem o indicador caíram. Segundo a Fecomercio, isso revela a percepção do empresariado de que a economia crescerá em ritmo mais lento no segundo semestre.
“Essa percepção está totalmente em linha com a política de aperto monetário e com as medidas ditas macroprudenciais adotadas pelo governo desde o final de 2010 e que estão, gradativamente, surtindo o efeito esperado de restringir a atividade econômica, principalmente o consumo das famílias”, ressaltou a entidade, em nota à imprensa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email