10 de abril de 2021

Lançamentos imobiliários movimentam R$ 800 mi nos últimos meses do ano

https://www.jcam.com.br/1911_Capa A.jpg
Previsão é de que novos empreendimentos devem gerar mais de R$ 1Bilhão em 2008

Os lançamentos imobiliários deste trimestre devem movimentar cerca de R$ 800 milhões na economia local, de acordo com o Sinduscon-AM (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas). O bom desempenho da construção civil tem deixado os executivos otimistas quanto ao ano de 2008, para os quais o volume de negócios a ser movimentado somente no primeiro semestre será superior a R$ 1 bilhão.

Segundo o diretor da Comissão da Indústria Imobiliária do Sinduscon-AM, Frank Souza, a oferta de mercado está em ascensão na cidade. “Esse ano podemos afirmar que o número de lançamentos imobiliários superou o ano anterior em pelo menos 300%”, afirmou, ressaltando que somente nesse último trimestre a perspectiva é de que sejam lançadas cerca de 50 torres, englobando mais de 20 apartamentos cada.

“O que se sabe hoje é que há uma concentração de lançamentos de imóveis na zona centro-sul, principalmente nos bairros Adrianópolis e Par­­que 10, além do próprio Distrito e Ponta-Negra”, disse Souza. O diretor informou também que, de acordo com a pesquisa Índice de Velocidade de Vendas, feita pelo sindicato, há predominância de apartamentos de três quartos, com área média de 90m² a 100m².

Classe alta

Na opinião do dirigente, não tem se percebido investimentos em imóveis de baixa renda, sendo que os programas de crédito dos bancos e da CEF (Caixa Econômi­ca Federal) são direcionados à classe média. “O aluguel que se pagava antes, hoje está sendo a prestação dos bancos”, comentou. A queda dos juros é apontada por ele como um dos motivos para que a boa parte da população tenha acesso aos imóveis.

Além de 30 construtoras lo­­­cais de médio e grande por­­­­­­te, Frank Souza afirmou que pelo menos seis grandes­ em­­presas que abriram o capital na bolsa de valores, apor­­­­tan­do bastante dinheiro­ com a iniciativa, vieram para Manaus, concorrendo com as or­­­ga­­­nizações da cidade. “A gran­­­de diferença das em­­­pre­­­sas de fora é que elas têm uma carteira de trabalho mai­or e um volume de obras maior do que o nosso”, afirmou.

Sindicato otimista

O presidente do Sinduscon-AM, Joaquim Auzier de Almeida, disse acreditar que os lançamentos imobiliários de 2008 vão movimentar mais de R$ 1 bilhão. “As empresas mantêm sob determinado sigilo as informações sobre lançamentos. Mas de acordo com o desempenho do setor nesse fim de ano, temos boas perspectivas para o próximo período”, assinalou.

No que diz respeito a gera­ção de empregos, o presiden­te disse que a expectativa pa­ra o próximo ano é manter a taxa de crescimento, hoje variando entre 15% e 18% em relação a 2006.“Estamos­ tomando medidas para fazer­ treinamento, e no fim de de­­­zembro e princípio de janei­­­ro ofereceremos cursos­ em parceria com governo e prefeitura para formar mão-de-obra qualificada para o setor”, disse.

Empresários estão otimistas

Os executivos são ainda mais otimistas. Para o diretor de marketing da Unipar, o valor total de R$ 1 bilhão deve ser movimentado ainda no primeiro semestre de 2008. Em 2007, a empresa lançou o Residencial Vida e a segunda etapa do condomí­nio Moradas do Parque, já com 85% de vendas efetivadas. Os investimentos feitos nas duas obras foram de R$ 50 milhões. No início de dezembro, a empresa deve lançar a terceira etapa.

A Unipar tem projetos em estudo para quatro lançamen­tos no próximo ano. Embora sem dar detalhes das futuras obras, a não ser o fato de serem destinadas às classes A e B, Gonçalves disse apostar na demanda elevada no segmento, fator motivador para investir em empreendimentos em 2008. “A expectativa é de que haja continuidade nessa expansão do mercado, principalmente por haver uma demanda bastante reprimida. Isso tem levado cada vez mais ao surgimento de novos empreendimentos”, afirmou.

Segundo ele, o setor da cons­­­trução civil ampliou seus investimentos em marketing 60% este ano em relação a 2006. “Em Manaus pode-se ver muito mais anúncios de novos empreendimentos que no a

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email