O Edital da quinta edição do Prêmio Fapeam de Jornalismo Científico recebe inscrições até próximo dia 4 de fevereiro. O Prêmio tem por objetivo incentivar a prática do jornalismo científico no Estado do Amazonas, premiando trabalhos jornalísticos que tenham contribuído, no ano de 2013, para a divulgação da ciência nos meios de comunicação do Estado, estimulando, assim, a cultura de popularização da ciência, tecnologia e inovação.
O Prêmio está dividido em duas modalidades: Comunicação Institucional e Comunicação de Massa, em mais de dez categorias distribuídas entre Estudantes, Profissionais e Comunicação Institucional.
Um dos requisitos para se inscrever no prêmio é ser profissionais e estudantes da área de Comunicação Social, de acordo com a categoria escolhida, tenham domicílio profissional e atuação no Estado do Amazonas. O edital também estipula que o proponente seja autor das matérias e que estas sejam relacionadas à ciência, tecnologia ou inovação.
Poderão ser inscritos materiais jornalísticos divulgados entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2013, de acordo com as modalidades, categorias e níveis definidos.
Vencedor na última edição, o correspondente da Band no Amazonas Yano Sérgio afirma que houve um salto na qualidade dos materiais produzidos para ciência nos últimos anos. “O importante é divulgar a ciência, demos um grande salto nos últimos cinco anos. O prêmio veio para aproximar pesquisadores de jornalistas, quebrando aquela barreira que, muitas vezes, existe de divulgarem as pesquisas que estão sendo feitas”, afirmou.
Um dos estudantes premiados na última edição, Thalles Ataíde, colaborador da Rede Amazônica de Televisão, levou o prêmio na categoria de radiojornalismo. Hoje profissional da comunicação, o jornalista atua no núcleo de comunicação do Programa Ciência na Escola, que trabalha a iniciação científica no Estado do Amazonas e fala sobre a dificuldade em ganhar espaço na mídia para divulgar trabalhos relacionados à ciência e tecnologia. “Atualmente a mídia se torna massiva em divulgar desastres, mas é o que a população ‘gosta de ver’. Dentro de um ambiente tão rico, ao qual podemos chamar até de berço da ciência devido a tantas riquezas e diversidade, existe muito o que explorar. O prêmio de Jornalismo Científico ajuda a enobrecer a cultura científica nos meios de comunicação, aumenta o conhecimento da população e valoriza a ciência do Amazonas/Amazônia.”

Calendário
O calendário para submissão de propostas estará aberto até o próximo dia 4 de fevereiro e a lista com os finalistas está prevista para ser divulgada dia 28 de março. Os interessados em concorrer ao prêmio devem acessar o edital para conhecer melhor o processo e as regras.
Além do troféu, os ganhadores do Prêmio Fapeam de Jornalismo Científico são contemplados com valores entre R$ 1,2 mil e R$ 10 mil, sendo este último valor referente à premiação da Assessoria de Comunicação/Imprensa contemplada.

Menção Honrosa
Jornalistas e veículos de comunicação que trabalharam em pról da divulgação científica do Estado do Amazonas também serão lembrados e condecorados durante o evento de entrega do Prêmio como forma de reconhecimento ao bom trabalho produzido em favor da divulgação da ciência no Estado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email