Ipaam Intinerante está em Novo Airão para atividades

Com atividades voltadas para agricultores, piscicultores, aquicultores, extratores minerais, professores, estudantes e pessoas interessadas, a comitiva de técnicos do Programa Ipaam Itinerante chegaram ontem a Novo Airão e permanece até amanhã.
Os técnicos prepararam para o município a palestra Como fazer licenciamento ambiental junto ao Ipaam, visando explicar passo a passo as etapas e documentação de licenciamento e ainda esclarecer os motivos que tornam a legislação ambiental complexa.
A palestra vai acontecer no CAT (Centro de Atendimento ao Turista), localizado na avenida Ajuricaba, na entrada da Cidade, voltada para todos que desenvolvem ou pretendem desenvolver atividades de impacto ambiental como agricultura, piscicultura, aqüicultura e extração mineral, mas também é permitida a participação de pessoas que se interessam pelos temas ambientais. A palestra será ministrada das 9h00 às 13h00.
A programação segue com a realização de atendimentos individuais no próprio CAT a produtores e empreendedores que já se encontram em fase de licenciamento junto ao Órgão ou àqueles que desejam começar a legalização de alguma atividade passível de licenciamento, das 8h30 às 12h00 e das 13h30 às 16h30 nos três dias em que a Comitiva fica no município.
Também nos três dias, outra parte da equipe realiza vistoria a empreendimentos que estão com suas licenças em andamento ou que já são licenciados para efeito de ajustes das práticas com as condicionantes da licença.
Este ano, o Ipaam Itinerante já esteve nos municípios de Rio Preto da Eva, Iranduba, Parintins, Careiro Castanho e Manacapuru somando mais de 200 atendimentos a produtores dos ramos de piscicultura, agropecuária, extrativismo mineral e hotelaria no conjunto das atividades.
Nesta edição, a Biblioteca Móvel teve um índice surpreendente de atendimento. Foram 1.019 participantes dos quais 659 na área rural do município, para os quais foram disponibilizados mais de 300 títulos e também palestras para os alunos e professores das escolas rurais Benedito Gomes, na estrada Manuel urbano, km 62, Escola José de Melo Sobrinho, localizada no Lago do Calado, mais a Escola municipal Maria do Socorro Queiroz, localizada na rua principal do bairro da Correnteza (centro de Manacapuru).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email