Henrique Alvez diz que proposta deve ser votada

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse que a proposta de emenda à Constituição que acaba com o voto secreto no Congresso deve ser votada antes do recesso parlamentar. "Vamos votar

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse que a proposta de emenda à Constituição que acaba com o voto secreto no Congresso deve ser votada antes do recesso parlamentar. “Vamos votar. Assumi o compromisso. Essa matéria não é proibitiva nem constrange a Casa.”
A Câmara analisa duas propostas sobre o assunto: a PEC 196/12, que acaba com o sigilo das votações para perda de mandato de parlamentares em casos de falta de decoro e condenação criminal, e a PEC 349/01, que inclui o voto aberto para todas as deliberações no Congresso.
A primeira já foi votada no Senado e agora precisa ser votada na Câmara em dois turnos. A segunda foi votada em primeiro turno pelos deputados e ainda precisa ser votada em segundo turno na Câmara para depois ir ao Senado.
“Ponderei com os líderes que não pode ser uma questão emocional, com discurso fácil, até porque há 28 tipos de votos diferenciados nesta Casa: é um voto para eleição de membro da Mesa, é um voto para apreciação de vetos… Pedi que cada um analisasse a proposta, no mérito”, disse Henrique Alves.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email