17 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Greve já coloca produção de carros em risco, diz Anfavea

Schneider disse, ao sair da reunião, que acredita que uma possível alta da taxa de juros pelo Copom não deve afetar as vendas de carros. “Não acredito que tenha um impacto direto no mercado de automóveis’’.

O presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Jackson Schneider, disse ontem que a greve dos auditores da Receita Federal, iniciada em 18 de março, já coloca em risco linhas de produção no Brasil e no exterior, que dependem de peças brasileiras.
De acordo com o vice-presidente do Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores), Antônio Meduna, a situação da indústria de componentes está “no limite’’.
“Estamos no limite do atendimento das montadoras. Tudo está sendo feito para não parar a linha, mas não dá para afirmar até quando vamos conseguir sobreviver’’, afirmou Meduna.
Schneider e Meduna participaram hoje de reunião com o ministro Miguel Jorge (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), em que reclamaram dos altos custos que a greve está impondo ao setor, como de armazenagem adicional e o transporte de componentes por avião, modalidade 15 vezes mais cara do que a marítima.
“A greve prejudica tanto a importação quanto a exportação. Esses mercados não vão ficar nos esperando, eles vão buscar recursos em outros lugares vão trocar a produção brasileira por outra produção’’, afirmou Schneider.
Meduna ressaltou que não há uma solução de curto prazo. Ele reclamou das greves de funcionários públicos ligados ao setor exportador e pediu que o governo tenha um planejamento de longo prazo para essas carreiras. “Precisamos de horizonte de longo prazo, não se admite greve anual’’.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email