Festa clandestina com 500 pessoas é encerrada pela CIF

Cinco estabelecimentos foram autuados e uma festa clandestina foi encerrada pela da Central Integrada de Fiscalização (CIF), na noite de ontem (06/09), véspera de feriado. A ação aconteceu com o apoio de agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), e de policiais da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Ao todo, oito estabelecimentos foram vistoriados na zona centro-sul da capital. O Saideira Bar, localizado na avenida Efigênio Sales, bairro Parque 10, foi autuado pelo Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) e recebeu auto de interdição pelos fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

Na Praça do Eldorado, o Mix Grill foi autuado pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) por não apresentar licença sanitária, Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) de restaurante e por ser um dos contratantes de uma banda com mais de três pessoas no palco. Já o Ponto Mil foi autuado por promover aglomeração. O local, que já é reincidente na irregularidade, foi interditado pelos fiscais do Procon-AM.

Festa clandestina

Policiais da SSP-AM receberam uma denúncia anônima sobre uma festa clandestina, denominada “Não era Amor”, que acontecia em uma casa de eventos localizada no bairro Adrianópolis. De acordo com o capitão Diego Paiva, mais de 500 pessoas estavam no local no momento da chegada dos policiais.

festa clandestina, denominada “Não era Amor”, acontecia em uma casa de eventos localizada no bairro Adrianópolis – Foto: Pelegrine Neto/SSP-AM

“Dando continuidade à operação Cidade mais Segura, por determinação do secretário de segurança, general Mansur, nós conseguimos chegar, através de uma denúncia anônima, a essa festa em que se encontravam mais de 500 pessoas, em desacordo ao decreto então vigente”, explicou o capitão.

Nas fiscalizações no entorno do local onde acontecia a festa clandestina, o Neot aplicou mais de 30 autuações. “Na saída da festa todos os veículos foram abordados. A operação Lei Seca é diária. E quando acontecem essas festas aumenta o consumo de bebida alcoólica e estamos aqui para fiscalizar isso”, enfatizou o coordenador-geral do Neot, Victor Mansur.

Ao todo, 14 condutores foram flagrados sob efeito de álcool, 34 autuações por diversas irregularidades foram aplicadas e quatro veículos foram removidos ao parqueamento do Detran-AM.

Ação integrada 

A CIF, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), teve seu efetivo ampliado por determinação do secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur, e conta com apoio das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) e policiais da SSP-AM.

Foto/Destaque: Pelegrine Neto/SSP-AM

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email