Fapeam e Whirpool Latin America assinam convênio de R$ 10 milhões

AFapeam (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas) e a Whirlpool Latin America, que atua com as marcas Brastemp, Consul e KitchenAid no Brasil, assinaram ontem, o termo de cooperação técnico-financeiro de R$ 10 milhões para o desenvolvimento de pesquisas tecnológicas na área de eletrodomésticos e eletroportáteis. Trata-se do primeiro termo de cooperação técnico financeiro entre empresa privada e o governo do Amazonas, por meio da Fundação.
O objetivo é atuar em parceria com universidades e institutos de pesquisas para acelerar o desenvolvimento de pesquisa em inovação, gerar conhecimento e descobrir e desenvolver talentos da região. A parceria tem duração inicial de cinco anos, com possibilidade de ser prorrogada e ampliada.
A iniciativa é voltada para pesquisadores, universidades e centros de pesquisa de diversas regiões amazonenses com condições de desenvolver projetos de inovação científica e tecnológica nas áreas de interesse da Whirlpool. O convênio com a Fapeam está pautado em uma nova abordagem proposta pela Whirlpool Latin America e espelhada em um modelo bem-sucedido já praticado em Minas Gerais.
A chamada para a elaboração dos projetos se dará por editais públicos divulgados pela Fapeam, que definirão, com clareza, os objetivos, as condições e as normas que regem cada atividade proposta. No novo modelo, a empresa e a fonte de financiamento, no caso a Fundação, definem os objetivos dos editais em conjunto, sendo que as áreas de pesquisa são definidas de acordo com interesses da empresa. Uma vez elaboradas, as propostas de trabalho das universidades são submetidas à avaliação.
O foco das pesquisas será a área de eletrodomésticos e eletro portáteis, com propostas voltadas, principalmente, para os segmentos de condicionadores de ar e micro-ondas, produtos fabricados pela Whirlpool em Manaus, cujos Centros de Tecnologia estão instalados na planta. “Queremos investir recursos e esforços na interação com agências de fomento, universidades e centros de pesquisa para busca de soluções tecnológicas e de inovação, que aumentem a competitividade dos produtos, e gerem renda e desenvolvimento ao Estado e ao país”, afirma o diretor de Relações Institucionais da Whirlpool Latin America Armando Valle.
O Estado do Amazonas conta com importantes universidades e instituições de ensino federais, estaduais e particulares. Por meio de parcerias como a do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, tem em seus quadros 170 doutores formados e outros 465 em processo de formação. “O grande mérito da parceria com a Whirlpool Latin America é que ela vem fortalecer os investimentos em prol de um grande desafio para o Brasil que é o de aproximar os pesquisadores do setor produtivos”, destaca o professor o diretor-presidente da Fapeam, Odenildo Sena.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email