Especialistas prevêem racionamento de gás em 2008

Com os reservatórios das usinas hidrelétricas em níveis baixos e o fantasma de apagão rondando o setor elétrico, especialistas acreditam que o consumidor terá que enfrentar em primeiro plano um racionamento de gás natural.
Representantes do setor ouvidos pela Folha Online na quintaf-eira disseram que, caso o volume de chuvas continue abaixo do esperado, a primeira medida a ser tomada pelo governo será direcionar o gás que está sendo hoje usado nas indústrias e nos carros para o setor elétrico. Assim, as termelétricas poderiam gerar mais energia elétrica.

“Se essa conjuntura continuar, pode ser bastante provável que haja um racionamento de gás. O gás será disputado pela indústria, pelos carros e pelas termelétricas e não há suficiente para atender a todos”, afirma a diretora-executiva da ABCE (Associação Brasileira das Concessionárias de Energia Elétrica), Silvia Calou.

Em entrevista coletiva na, o ministro de Minas e Energia, Nelson Hubner, disse que o governo já tem pronto um plano de contingência estabelecendo as prioridades para o uso do gás em caso de racionamento. Ele descartou o apagão do gás neste ano. “Não estamos pensando nisso, estamos começando um período úmido, estamos acompanhando toda a situação e, se de fato não acontecer chuva nenhuma e piorar a situação, aí vamos analisar isso e tomar as medidas necessárias”, disse.

Para o presidente da Abrage (Associação Brasileira de Em-presas Geradoras de Energia Elétrica), Flávio Neiva, é improvável que ocorra um racionamento de energia até o fim do ano. Ele disse que no caso do gás o cobertor é curto e po-de acontecer um corte para a indústria e para os automóveis.

“É fundamental que as chuvas retornem ou o governo vai ter que cortar o gás de alguns setores para redirecionar para o setor elétrico. Os carros têm de onde tirar, vai na bomba de gasolina e enche o tanque. O setor elétrico não”, ressaltou. Para Calou, o racionamento de gás só deverá ocorrer depois de março, fim do período chuvoso, caso não tenha água suficiente nos reservatórios.

O presidente do Conselho Administrativo da Associação Nacional dos Consumidores de Energia, Lindolfo Paixão, acredita que não haverá racionamento de gás.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email