Empresas vão experimentar alternativa em vôo-teste

Boeing, Air New Zealand e Rolls-Royce anunciaram ontem um Memorando de Entendimento para conduzir um vôo demonstrativo idealizado para acelerar o desenvolvimento viável e sustentável dos combustíveis alternativos para a aviação comercial. A Boeing está explorando a segunda geração de alimentação por biocombustíveis, sua ação e processamento com potencial para reduzir a emissão de gases que acentuam o efeito estufa –em todas as etapas de seu ciclo de vida.

O vôo demonstrativo está planejado para a segunda metade de 2008, utilizando um 747-400 da Air New Zealand equipado com motores Rolls-Royce. A Boeing está em negociação com um fornecedor mundial de combustíveis para identificar o potencial de biocombustíveis que estejam disponíveis em quantidade necessária para testes de laboratório, de performance de motor a jato e, ainda assim, estarem dentro dos rigorosos padrões exigidos pela aviação.

Outros detalhes serão anunciados perto da data do vôo demonstrativo. “Nossa meta, em curto prazo, neste esforço pioneiro, é identificar a sustentabilidade de biocombustíveis alternativos para aviões com operação diária”, disse Craig Saddler, presidente da Boeing Austrália.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email