Embrapa faz plantio de 200 mudas de guaraná em Rio Preto da Eva

A Embrapa Amazônia Ocidental (Manaus-AM), o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Estado do Amazonas (Idam) e a Associação Comunitária  Santa Luzia implantaram no Assentamento Iporá, município de Rio Preto da Eva, plantio demonstrativo com 200 mudas de 10 diferentes cultivares de guaranazeiro, que se destacam pela alta produtividade e resistência à antracnose, a principal doença do guaranazeiro.
As cultivares pertencem a matrizes resistentes à antracnose, apresentam alta produtividade: mais de 1,5 quilo de sementes por planta contra uma média regional de 200 gramas.  Outra vantagem é o tempo de formação dessas mudas, que é de sete meses, enquanto a muda tradicional, por sementes, demora 12 meses para ficar pronta e ir ao campo. Possuem ainda precocidade para o início da produção, em média, de dois anos, enquanto as plantas tradicionais oriundas de sementes levam quatro anos e a produção comercial estabiliza-se após três anos de plantio.
Essa atividade faz parte do Projeto de Melhoramento Genético do Guaranazeiro, da Embrapa Amazônia Ocidental, e aconteceu dia 30 de março de 2010 quando também foi realizado curso prático sobre a cultura do guaranazeiro e reuniu técnicos da extensão rural, pesquisadores e 30 produtores rurais que já cultivam ou pretendem iniciar o plantio do guaraná.
De acordo com o pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental, Firmino José Filho, doutor em genética e melhoramento vegetal, o desenvolvimento dessa atividade no Assentamento Iporá atende à demanda de produtores familiares que já cultivam o guaraná em pequenas áreas.
As tecnologias lançadas pela Embrapa despertaram interesse de produtores rurais dos municípios de Iranduba, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva, o que poderá significar a expansão da cultura do guaraná para a região do entorno de Manaus, saindo da área de origem no Baixo Amazonas, onde o município de Maués é o maior produtor.
Pesquisadores e técnicos da Embrapa que fazem parte do programa de Melhoramento Genético do Guaranazeiro serão os instrutores e repassarão todas as informações técnicas (teóricas e práticas) necessárias para o desenvolvimento dos guaranazais.   Será demonstrado o preparo de cova, espaçamento, adubação de cova, técnicas de plantio, cobertura com palha e demonstração da primeira adubação de cobertura.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email