CRITICA – O que diz a oposição

O deputado estadual Luiz Castro (PPS) é cético quanto ao anúncio do pacote de obras do governo do Estado. “Espero que o governo realize as obras mas, desconfio que o Estado vai precisar arrecadar muito mais para fazer frente a esses investimentos”, avalia. O parlamentar também minimiza o real poder de investimento do governo estadual. “O pacote de obras é até tímido já que o grande volume de investimentos vem do governo federal mesmo porque, o Estado concentra a maioria de seus recursos em educação e saúde”, observa. Para o oposicionista, o problema das obras está no controle por parte do executivo. “O governo estadual tem sido falho em controlar o custeio da máquina estatal. O governo vem gastando muito com cargos comissionados e outras medidas desnecessárias. Desconfio que o Estado não terá fôlego para cumprir esses compromissos”, declara. “O Estado tem uma capacidade grande de endividamento, agora precisamos saber é se essa capacidade é a mesma na hora de pagar os empréstimos”, pondera. Luiz Castro chama atenção para um detalhe que considera importante. “São obras físicas, grandes edificações, mas, não vejo o governo se preocupar em realizar obras de caráter econômico, que gerem renda principalmente para o interior”, critica. “O governo não tem um programa voltado para a economia verde, sustentável que crie empregos na capital e no interior”, lamenta o deputado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email