Crescimento do mercado impulsiona franquia

A grife de jóias e semi-jóias Barbara Strauss está apostando no sistema de franquias para impulsionar a expansão da marca. “As peças de nossas coleções começaram a ter uma procura muito grande e nossas lojas tiveram excelente acolhida. A adoção do sistema de franquias, que está sendo formatado pela Bittencourt Inteligência em Redes de Negócios, vai possibilitar que nossos produtos alcancem um número muito maior de consumidores. Ainda há muito espaço para o aumento das vendas de semi-jóias de qualidade”, afirmou a proprietário do empreendimento Cristiane Dalcanale.

A Barbara Strauss, criada em 2002, oferece oportunidade de negócios em um filão pouco explorado – o de semi-jóias. O mercado atual é dividido entre jóias e bijuterias. Não há no mercado produtos para mulheres que queiram manter a elegância usando acessórios nobres e, ao mesmo tempo, precavidas -principalmente em função da violência das grandes cidades.
Segundo dados do IBGM (Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos), o mercado interno de semi-jóias, ou seja, peças folheadas em materiais nobres, como ouro, prata e platina, alcançou US$ 150 milhões em faturamento, valor 300% maior que o obtido em 2005, US$ 50 milhões.
As exportações de semi-jóias também estão em um bom momento. No primeiro quadrimestre deste ano ano, houve uma alta de 23% em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a abril, foram exportados US$ 33.4 milhões em peças folheadas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email